Rui Car
11/05/2022 14h41

Banda formada por presidiários faz a primeira apresentação em Rio do Sul

O projeto “Musical Ressocializado” se apresentou em um asilo da capital do Alto Vale

Assistência Familiar Alto Vale
Fotos: Divulgação / SSP

Fotos: Divulgação / SSP

Delta Ativa

Arte e cultura, disseminados nos versos das canções, têm colaborado no processo de reintegração social de detentos do Presídio Regional de Rio do Sul. O projeto “Musical Ressocializado”, composto por 18 internos, teve início no ano passado. A primeira apresentação foi realizada na segunda-feira (09), no Asilo Conferência de São Vicente de Paulo.

 

A ideia do projeto surgiu no ano passado, um pouco antes do período da pandemia. Um professor de música, que deu entrada na unidade prisional, disponibilizou os instrumentos musicais. “A partir disto, começamos a pensar no perfil dos detentos que poderiam participar da banda”, lembra o diretor do presídio, Nei Feuzer.

 

Primeira apresentação contou com repertório musical que levou alegria ao asilo de Rio do Sul - Divulgação/SSP/ND

 

Os envolvidos selecionaram 18 detentos com bom comportamento e perfis avalizados em trabalhos internos e externos. Eles começaram a receber aulas do professor de música em uma pequena sala de aula e no pátio da unidade.

 

Os internos escolhidos já cumprem pena na unidade e também desenvolvem trabalhos diversos de manutenção, cozinha e serviços gerais”, explica o diretor.

 

Banda é formada por 18 integrantes - Divulgação/SSP/ND

 

Música, alegria e esperança

 

Após alguns meses de ensaios e aulas, o mês de maio foi marcado pela primeira apresentação da banda “Musical Ressocializado”. Com um repertório voltado para a terceira idade, eles estiveram no Lar São Vicente de Paulo levando música, alegria e esperança para quem assistiu à apresentação.

 

Ensaios ocorrem em uma sala da unidade prisional - Divulgação/SSP/ND

 

A festa contou com músicas que foram cuidadosamente selecionadas pelos integrantes da banca. “Músicas antigas, da época dos idosos”, comenta o diretor. As escolhas foram assertivas. Todos os dançaram, cantaram e curtiram com alegria o evento.

 

O projeto teve o apoio do poder Judiciário e do Ministério Público. Além disso, um empresário da região doou camisetas para os participantes. Elas estão estampadas com a flor dente-de-leão, que significa liberdade, otimismo, esperança e luz espiritual.

 

Primeira apresentação contou com repertório musical que levou alegria ao asilo de Rio do Sul - Divulgação/SSP/ND

 

Fonte: Kelley Alves / ND+
Anuncie Aqui