Rui Car
02/02/2022 15h44

Catarinense pode ser nova integrante do grupo de Kpop Blackswan

Jovem de Florianópolis está na Coréia do Sul passando por treinamentos desde dezembro de 2021

Assistência Familiar Alto Vale
Foto: DR Music

Foto: DR Music

Delta Ativa

A catarinense Gabriela Strassburger Dalcin, primeira do Estado a participar de uma competição para integrar um grupo de K-pop, está na final da competição que vai eleger a próxima integrante do grupo coreano Blackswan. 

 

A estudante de 19 anos, moradora de Florianópolis, viajou em dezembro de 2021 para a cidade de Seul na Coréia do Sul, a convite da DR Music, empresa produtora do grupo. O convite surgiu após a jovem ser uma das 23 candidatas selecionadas ao redor do mundo para participar das eliminatórias da competição. 

“Realizando o sonho da vida dela”

 

Segundo os pais da jovem, que estão acompanhando a filha de Florianópolis por conta das restrições pela Covid-19, o amor pela música ocidental se desenvolveu no teatro e em competições de cover do gênero K-pop no Brasil. “O sentimento que ela nos passa é que tá realizando o sonho da vida dela“, diz o pai Márcio Dalcin.

 

Fã do grupo coreano BTS, atualmente um dos mais populares do gênero ao redor do mundo, a jovem estava com uma viagem de intercâmbio marcada para a Coréia do Sul, que foi adiada por causa da pandemia. “Ela tinha a viagem toda planejada, passagem, hospedagem, tudo. Ai veio a pandemia e os planos foram adiados, até ela começar a passar pelas etapas do processo da competição e ser chamada pela produtora para ir pra Coréia“, lembra a mãe da jovem, Mauren Strassburger.

 

Gabriela se desenvolveu no teatro e em competições de cover do gênero K-pop

Gabriela se desenvolveu no teatro e em competições de cover do gênero K-pop (Foto: Tiago Ghizoni)


Competição e expectativa

 

O processo de seleção para encontrar o novo nome que vai integrar o grupo, contou com cerca de 4 mil candidatas de diferentes países. Na final, que deve acontecer no primeiro semestre de 2022, compete com a catarinense a indiana Shreya Lenka. 

 

Ainda segundo os pais da jovem, os treinamentos vivenciados pela filha são intensos, ocorrem de segunda à sábado e incluem aulas de dança, canto e coreano. Para Gabriela, a preparação em competições e no teatro, valeu a pena. 

 

A expectativa é muito grande porque o mundo do K-pop é enorme. Muito feliz por ter a possibilidade de me tornar a segunda Idol brasileira em atividade e orgulho de representar Santa Catarina. É um privilégio e ao mesmo tempo o reconhecimento de todo o trabalho e preparação ao longo da vida, pois, muitos desejam entrar para o K-pop. Acredito que o maior presente será quando todo este esforço e dedicação se tornarem realidade“, diz Gabriela. 

 

Anderle Telhas e Acessórios