Rui Car
28/05/2022 10h43

Com mil animais de mais de 240 espécies, Zoo Pomerode completa 90 anos

Além do turismo, zoo também é um importante mote social da região

Assistência Familiar Alto Vale
Fotos: Divulgação / Zoo Pomerode

Fotos: Divulgação / Zoo Pomerode

Delta Ativa

O maior zoológico de Santa Catarina está de aniversário neste sábado, 28. O Bioparque Zoo Pomerode completa 90 anos, data comemorada em paralelo ao aniversário do fundador, Hermann Weege.

 

Maurício Bruns, administrador do Zoo há 22 anos, conta que o espaço foi inaugurado em 1932, mas a data em si é desconhecida. Porém, como forma de homenagem e para lembrar de quem foi o criador do zoológico, há cerca de 10 anos ele determinou que a comemoração seria realizada sempre na data em que nasceu Weege.

 

Tinha que ter essa ligação. Até porque ele não só foi o fundador do zoológico, mas foi muito importante para a cidade e região, um homem muito a frente do seu tempo. Ele trouxe muitas coisas para a cidade, empresarialmente, politicamente, não tem uma simbologia que fosse melhor”, afirmou Bruns.

 

Para comemorar a data, neste sábado os visitantes que forem ao parque poderão participar de uma espécie de brincadeira com um dado de espuma. Dependendo do número que tirar, o visitante irá receber um brinde, incluindo até passaportes para o Zoo.

 

 

 

 

 

 

O Zoo Pomerode

 

O Zoo Pomerode foi criado em consequência de um vazamento no reservatório de água das indústrias Weege, ocorrido em 1924. A água que atingiu os fundos da residência da família Weege, formou uma grande lagoa, onde ao redor, o empresário e político Hermann Weege começou a criar e cuidar de diversas espécies de animais domésticos e silvestres.

 

Historiadores apontam que a criação iniciou com porcos-do-mato, antas, capivaras, entre outros animais comuns na região do Vale do Itajaí. Esse imóvel fica no mesmo lugar onde ainda permanece o zoológico.

 

Apesar de ser iniciado em 1932, o registro oficial no Ministério da Agricultura só saiu em 1941, quando o Zoo já recebia e criava animais de médio e grande porte, como onças, jaguatiricas e tantos outros. Com o passar dos anos a quantidade de animais foi crescendo, mesmo após a morte de Weege, em 1947.

 

Atualmente, são cerca de mil animais de mais de 240 espécies que vivem no maior zoológico de Santa Catarina. O espaço inaugurado com 14 mil metros quadrados hoje tem 110 mil m².

 

Além disso, recentemente, o zoo adquiriu uma área de 68 mil m², onde estão as nascentes que abastecem os bebedouros do bioparque. O espaço atualmente está recebendo uma recuperação ambiental, com plantação de árvores nativas e será uma pequena unidade de conservação.

 

É mais uma função social importantíssima do zoológico. Além do que já é feito, que é o cuidado com os animais, como por exemplo aqueles que chegam machucados de diversos lugares do estado, que cuidamos, recuperamos, e se possível, são devolvidos à natureza, ou ficam sendo cuidados aqui por nós. Também como as ações que fazemos apoiando e patrocinando o esporte da região, tendo cerca de 300 jovens sendo diretamente auxiliados pelos projetos. Enfim, o papel que fazemos, além do popular que é manter o zoológico”, concluiu Bruns.

 

Fonte: Jotaan Silva / O Município
Anderle Telhas e Acessórios