Rui Car
16/01/2023 10h17

Cometa raro será visível do Brasil a partir de fevereiro

Corpo celeste que passa pelo sistema solar a cada 50 mil anos será visível por todo o hemisfério sul

Assistência Familiar Alto Vale
Imagem Ilustrativa (Foto: Pixabay)

Imagem Ilustrativa (Foto: Pixabay)

Delta Ativa

Um cometa que passa pelo sistema solar a cada 50 mil anos será visível por todo o hemisfério sul a partir de fevereiro. Ele tem cerca de 1 km de diâmetro e foi achado pelo programa Zwicky Transient Facility (ZTF), a partir de um telescópio do Observatório Palomar, na Califórnia (EUA).

 

O ponto de maior proximidade da terra ocorrerá logo no primeiro dia do mês, uma quarta-feira. Para observar, será necessário olhar para o norte, abaixo da estrela Capela. Outra dica é estar em um lugar longe da iluminação da cidade, que prejudica a observação a olho nu.

 

Cometas são geralmente compostos por poeira estelar, rochas ou gases em formato sólido, que ao chegarem mais próximos do sol, passam pelo processo de sublimação (passagem do estado sólido diretamente para o gasoso, sem liquefazer) o que forma a “cauda” do cometa.

 

Fonte: SBT News / Via: SCC10
Anuncie Aqui