Rui Car
04/02/2022 10h41

Fotos: Conheça as caminhoneiras de SC que fazem sucesso na internet

Nas últimas semanas, cresceu na internet a curiosidade acerca do tema

Assistência Familiar Alto Vale
Veridiana é natural de Mafra (Foto: Internet / Reprodução)

Veridiana é natural de Mafra (Foto: Internet / Reprodução)

Delta Ativa

Após a repercussão do grave acidente da caminhoneira Aline Füchter, catarinense de Tubarão, no Sul de Santa Catarina, conhecida como “musa das estradas”, o público criou curiosidade acerca do tema e das mulheres que escolheram a pilotagem dos caminhões como sustento de vida.

 

Além de Aline, o Estado catarinense tem pelo menos mais duas representantes famosas na área: Felina Cris, de Lages, na Serra catarinense, e  Veridiana Henning, de Mafra, no Norte do Estado.

 

Felina Cris era professora antes de assumir a direção do caminhão, aos 31 anos - Internet/Reprodução/ND

Felina Cris (Foto: Internet / Reprodução)

 

Felina Cris, conta com 343 mil seguidores nas redes sociais, além de 68,8 mil inscritos no canal dela do Youtube. Mãe de três filhos, Cris iniciou na vida de caminhoneira aos 31 anos. Antes disso, era professora. “Trabalho no que eu amo. Vem de sangue, vem de berço. Caminhão é o meu mundo”, diz ela numa postagem.

 

Já Veridiana Henning é ex-modelo e soma 521 mil seguidores na redes e 595 mil inscritos no Youtube. Ela começou dirigindo os veículos no pátio de uma transportadora para adquirir experiência. Atualmente, roda pelas estradas brasileiras como motorista carreteira.

 

Caso Aline Füchter

 

De Tubarão, Aline aprendeu a dirigir após acompanhar a rotina da família na profissão - Arquivo Pessoal/ND

Foto: Arquivo pessoal / Divulgação

 

Formada em administração de empresas, Aline aprendeu a dirigir no caminhão do pai, aos 16 anos, e na hora de escolher a profissão, optou pelo que considera uma grande paixão. Agora, leva a vida nas estradas para o mundo virtual.

 

No entanto, aos 31 anos, a caminhoneira sofreu um acidente de trânsito no Mato Grosso. A batida ocorreu na BR-174, entre os municípios de Porto Esperidião e Pontes e Lacerda.

 

A carreta que Aline conduzia, uma Scania R450, bateu na lateral de uma carreta caçamba que seguia no sentido contrário da rodovia, segundo informações do site do Jornal do Caminhoneiro.

 

Fonte: ND+
Anderle Telhas e Acessórios