Rui Car
04/02/2022 16h58

Funcionário da Rede Globo faz Pix de R$ 318 mil para pessoa errada por engano

A pessoa que recebeu o dinheiro comprou uma casa e realizou uma grande festa de fim de ano

Assistência Familiar Alto Vale
Foto: Reprodução

Foto: Reprodução

Delta Ativa

Um homem começou o ano R$ 318 mil mais rico, graças a um erro de um funcionário da Rede Globo. Um Pix foi feito para a pessoa errada, que gastou o dinheiro comprando uma casa e fazendo uma grande festa. Todo o problema iniciou em dezembro de 2021.

 

Um funcionário do RH da emissora estava fazendo o pagamento de um acordo trabalhista, porém, errou o número do Pix e o dinheiro foi enviado para a conta errada.

 

A pessoa que recebeu o dinheiro foi identificada mas já estava gastando o valor. Foi descoberto que essa pessoa realizou uma grande festa de Ano Novo e também comprou uma casa.

 

O homem imaginou que havia recebido alguma promoção, achou que o dinheiro era seu por direito, por isso gastou uma parte do valor. A emissora tentou reaver o pagamento, porém, o pedido foi negado pela pessoa.

 

Um processo foi aberto na 3ª Vara Cível do Rio de Janeiro, mas está parado, pois a Globo disse que a causa vale R$ 1 mil reais e, no entendimento do magistrado, esse valor não corresponde com a realidade da quantia discutida.

 

Ora, se há um alegado indébito de R$ 318.600,40, o valor da causa não pode ser R$ 1.000. Assim sendo, sem prejuízo de eventual aditamento subsequente, remete o autor sua petição inicial de tutela antecedente, no prazo de 10 dias, adequando-a aos requisitos expostos na presente decisão”, sentenciou o juiz Luís Felipe Negrão, que cuida do caso.

 

A Rede Globo não se manifestou oficialmente sobre o erro, nem sobre o valor do processo judicial.

 

Fonte: ND+
Anderle Telhas e Acessórios