Rui Car
25/04/2022 11h09

Morre aos 119 anos a mulher mais velha do mundo no Japão

Informação foi divulgada pelo Guinness World Records nesta segunda (25) e confirmada pelo médico Robert Young

Assistência Familiar Alto Vale
Foto: Reprodução / Guinness Word Records

Foto: Reprodução / Guinness Word Records

Delta Ativa

A japonesa Kane Tanaka, considerada a mulher mais velha do mundo, morreu aos 119 anos na terça-feira (19) no Japão. A informação foi divulgada pelo Guinness World Records apenas nesta segunda-feira (25) e confirmada pelo médico Robert Young.

 

Kane Tanaka nasceu em 2 de janeiro de 1903 na região de Fukuoka, no sudoeste do Japão, no mesmo ano que Marie Curie se tornou a primeira mulher a vencer um Prêmio Nobel. As informações são do Metrópoles.

 

Ela morava em uma casa de repouso e tinha uma saúde boa. Tanaka gostava de resolver problemas matemáticos e apreciava jogos de tabuleiro. Ela não dispensava refrigerantes e chocolate.

 

Casamento há um século

 

Quando era mais jovem, ela esteve à frente de negócios como lojas de bolos de arroz e de macarrão. Há um século, em 1922, ela se casou com Hideo Tanaka, com quem teve quatro filhos e adotou o quinto.

 

Tanaka foi escalada para carregar a tocha olímpica no Japão, mas decidiu ficar de fora, por causa do aumento de casos de Covid-19 no país.

 
Fonte: ND+
Anuncie Aqui