Rui Car
09/09/2022 14h24

Rainha Elizabeth usava celular Samsung com dois contatos

Smartphone tinha segurança reforçada pelo MI6, serviço de inteligência do Reino Unido

Assistência Familiar Alto Vale
Foto: Arquivo / Palácio de Buckinham

Foto: Arquivo / Palácio de Buckinham

Delta Ativa

A rainha Elizabeth II, que morreu nesta quinta-feira (08), utilizava um celular especial apenas com dois contatos principais: a princesa Anne, sua filha, e o gerente de cavalos de corrida da família real John Warren. A monarca não utilizava este aparelho para se comunicar com outros membros da família, ou mesmo com a nova primeira-ministra do Reino Unido Liz Truss.

 

Os detalhes foram revelados pelo correspondente Jonathan Sacerdoti, especialista em assuntos relacionados à família real. Ele não disse exatamente qual aparelho era utilizado, mas o dispositivo era bastante protegido contra o acesso de pessoas mal intencionadas — para isso, ele traz criptografia com segurança garantida pelo MI6, o serviço de inteligência do Reino Unido.

 

Ao Daily Mirror, Sacerdoti afirmou que a rainha tinha contatos frequentes com Warren, que é genro do falecido conde de Carnarvon. Como ela costumava apreciar as corridas de cavalos — modalidade em que investiu. “Se Warren ligasse, ela atendia”, afirmou Sacerdoti na entrevista.

 

Samsung é fornecedora oficial de produtos para a família real

 

Desde o século XV, a família real concede autorizações oficiais para empresas que fornecem produtos de diferentes tipos. A Samsung tem um “Royal Warrant” desde 2012, e um selo correspondente é mostrado com orgulho no site da empresa voltado para o Reino Unido — em maio deste ano, a certificação foi renovada para mais alguns anos.

 

Portanto, outros itens da Samsung também devem aparecer em diversos cômodos das residências reais. Os itens podem incluir televisores e eletrodomésticos, além de outros dispositivos móveis oferecidos pela marca coreana.

 

Fonte: Daily Mirror, via Tilt; Samsung, via Sammobile

 
Fonte: ND+
Anderle Telhas e Acessórios