Rui Car
25/11/2022 14h49

Rio do Sul é finalista do Prêmio Amigo do Leão

Selo incentiva engajamento de profissionais, empresas e entidades em ações sociais com captação de recursos

Assistência Familiar Alto Vale
Delta Ativa

O município de Rio do Sul é um dos finalistas do prêmio Amigo do Leão, um projeto criado pela Associação Brasileira de Captadores de Recursos, que visa reconhecer empresas, entidades e profissionais em ações que busquem o fortalecimento de projetos direcionados à defesa de direitos de crianças, adolescentes e idosos.

 

Em Rio do Sul, a ação é desenvolvida através da Campanha do Bem, que visa através de parceria, estimular a destinação do imposto de renda de pessoas físicas e empresas para projetos especiais em Rio do Sul.

 

Rio do Sul concorre na categoria “Município Catarinense” através do Fundo da Infância e Adolescência (FIA) que será representado pelo secretário de Assistência e Desenvolvimento Social Ricardo Pinheiro, na cerimônia de premiação, marcada para o dia 1º de dezembro, na Assembleia Legislativa, na capital do Estado.

 

O prêmio será concedido nas categorias Contador, Empresa de Pequeno e Médio Porte, Empresa de Grande Porte, Doador Pessoa Física, Organização Social, Município Catarinense e Campanha de Arrecadação. Os vencedores irão receber um troféu e poderão usar o selo Amigo do Leão em suas comunicações no ano que vem.

 

As inscrições foram encerradas em setembro, concorrendo ao prêmio 50 candidatos, entre eles empresas catarinenses, doadores, instituições públicas e privadas, organizações sociais e municípios catarinenses.

 

A prefeitura de Rio do Sul tem como parceiro neste projeto de captação de recursos o Sindicato das Empresas de Serviços Contábeis (Sescon), Sindicato das Contabilidades de Rio do Sul e do Alto Vale (Sindicont), Conselho Regional de Contabilidade de Santa Catarina (CRC-SC) e o Conselho Municipal de Direitos da Criança e do Adolescente de Rio do Sul. Este grupo promove a Campanha do Bem, que une forças e sensibilizou as pessoas sobre a importância de destinarem parte do seu imposto de renda para uso destes projetos.

 

Em 2021, o Fundo da Infância e Adolescência (FIA) de Rio do Sul arrecadou o valor total de R$ 498.788,02, com 12 projetos aprovados, sendo destinado o valor total de R$ 470.916,78. Já neste ano, nove entidades sociais de Rio do Sul tiveram projetos aprovados, totalizando a destinação de R$ 522.006,34.

 

O secretário de Assistência e Desenvolvimento Social, Ricardo Pinheiro, destaca que os recursos destinados para o FIA vêm do imposto de renda destinado pela própria população local. “Trata-se de um capital que circula na nossa cidade. Desse modo é feito investimento financeiro e social com a comunidade mais carente local. A partir dessa iniciativa conseguimos, efetivamente, transformar vidas dos beneficiados pelos programas assistenciais aplicados em Rio do Sul”, defende.

 

Fonte: Prefeitura de Rio do Sul
Anuncie Aqui