Rui Car
02/02/2022 15h59 - Atualizado em 02/02/2022 16h00

Silas Malafaia diz que presença de Ciro Gomes em culto evangélico é “hipocrisia”

Líder da ADVEC ainda fez piada da aliança entre Ciro Gomes e Cabo Daciolo

Assistência Familiar Alto Vale
Foto: Divulgação / Redes sociais

Foto: Divulgação / Redes sociais

Delta Ativa

O pastor Silas Malafaia criticou, nesta terça-feira (1°), a ida de Ciro Gomes (PDT) e do ex-deputado e ex-presidenciável Cabo Daciolo a um culto em Fortaleza no domingo.

 

Segundo Malafaia, líder da Assembleia de Deus Vitória em Cristo (ADVEC), um dos principais aliados de Jair Bolsonaro (PL), políticos do espectro progressistas e até fora dele se aproximam do cidadão evangélico por conveniência eleitoral. Sobraram ataques até para Sergio Moro (Podemos) e para Manuela D’Avila (PCdoB).

 

Não é só o Ciro [que faz campanha em igreja], não. É Moro. É aquela do PCdoB do Rio Grande do Sul que o nome me falhou à memória. Vamos começar a temporada da hipocrisia. Gente que não crê, gente que nunca teve em igreja evangélica, só em época de eleição, fazendo graça. É uma vergonha”.

 

Malafaia ainda fez piada da aliança entre Ciro e Daciolo, que é evangélico e, apesar de ainda não ter se filiado oficialmente ao PDT, promete ajudar na campanha do pedetista.

 

O pastor ironizou as interações que Daciolo faz com a torcida de seu seu time de futebol, o Vasco da Gama. Em 2018, quando era presidenciável, ele “previu” que o clube não seria rebaixado para segunda divisão do campeonato brasileiro. E, realmente, não foi naquele ano. A queda, contudo, viria em 2020.

 

Eu fico com vergonha de ver essas fotos [de Ciro e Daciolo no culto]. Ainda mais de saber quem o levou. Eu tenho que rir mais ainda. É o cara que disse que o Vasco seria campeão e que não seria rebaixado. Tem que rir mesmo”, disse.

 

Com informações de Veja e CN7

Fonte: Folha Gospel
Anderle Telhas e Acessórios