Rui Car
04/04/2022 15h26

Sósia de Marília Mendonça de SC tem reviravolta surpreendente na vida após vídeo viralizar

Juliana Cavalheiro Bentz está surpresa com a repercussão e as proporções que a publicação tomaram e se diz grata por todo o carinho recebido

Assistência Familiar Alto Vale
Foto: Montagem / Divulgação

Foto: Montagem / Divulgação

Delta Ativa

A repercussão do vídeo de Juliana Cavalheiro Bentz, de 36 anos, cantando uma música da cantora Marília Mendonça em um ponto de ônibus de Chapecó, no Oeste de Santa Catarina, segue dando frutos e fez  a vida da chapecoense ter uma reviravolta surpreendente. No último fim de semana, a sósia catarinense da Rainha da Sofrência foi convidada para fazer shows, inclusive em um resort do município de São Carlos, no Oeste do Estado. A procura por apresentações aumentou de maneira repentina.

 

Em cinco dias a vida de Juliana, que ficou conhecida nacionalmente por sua semelhança vocal e física com a Rainha da Sofrência, mudou radicalmente. O número de seguidores de Juliana subiu de 1,5 mil para quase 40 mil no perfil @juli.c.b. A sósia catarinense também criou um canal no Youtube e além disso, ela foi notada pela própria mãe de Marília Mendonça, dona Ruth Moreira e o pequeno Léo.

 

Minha vida deu um giro de 180 graus. Eu nunca imaginei tudo isso. As pessoas não param de me ligar, se me veem na rua pedem para tirar fotos. A repercussão foi além do que eu esperava. Nunca quis imitar a Marília e sempre admirei a mulher e o trabalho que ela fazia. Ser comparada com ela é muito especial, principalmente pela forma que ela marcou a vida de tanta gente”, diz Juliana.

 

Após o pequeno Léo, filho de Marília Mendonça, ver um vídeo de Juliana cantando e dizer: “é a mamãe”, a sósia catarinense viralizou ainda mais. Perfis sertanejos do país inteiro começaram a compartilhar o vídeo da chapecoense cantando em um ponto de ônibus e os admiradores de Juliana não param de crescer.

 

Cantores sertanejos também reagiram às publicações. Um deles foi o cantor Kauan da dupla Matheus e Kauan, que comentou em um dos vídeos postados em perfis de música.

 

Contato com Dona Ruth

 

Dona Ruth seguiu e entrou em contato com Juliana. Ela a parabenizou e a incentivou a continuar cantando e disse que a filha ficou na história das mulheres. Ruth ainda pediu para que ela não deixasse o legado da rainha da sofrência morrer. “Então, se você canta assim e se parece com ela usa isso. Você tem talento, usa a seu favor”, disse.

 

A sósia catarinense de Marília conta que se emocionou quando Dona Ruth a seguiu nas redes sociais e mais ainda quando entrou em contato. “Eu sempre cantei por amor a música e ao trabalho que a Marília fazia. Jamais quis imitar ela, isso saiu naturalmente e me surpreendeu muito”.

 

Carreira profissional

 

Juliana contou à reportagem que está surpresa com tudo o que vem vivendo, mas pretende continuar o legado deixado por Marília Mendonça – que morreu em novembro de 2021 vítima de um trágico acidente aéreo. A própria mãe de Marília incentivou a chapecoense a continuar e usar as semelhanças ao seu favor.

 

Juliana destaca que sempre foi fã de Marília e que as comparações com a sertaneja vieram ainda quando ela era viva. “De tanto as pessoas falarem das semelhanças, comecei a me apresentar em barzinhos, restaurantes e aniversários. No início tudo por prazer e amor à música e pela admiração ao trabalho da Marília. Há cerca de 7 meses passei a fazer isso também de forma profissional”, explica.

 

O dom para cantar veio de Deus, já que Juliana nunca fez curso de canto e a voz encanta e atrai a atenção de quem a ouve. A moradora de Chapecó não teve a oportunidade de ir a um show de Marília, mas pretende continuar honrando seu legado e sua memória com apresentações cover da cantora.

 

Relembre a história

 

Juliana viralizou na internet após ser filmada cantando a música “Todo mundo menos você”, sentada em um ponto de ônibus. O que causou surpresa foi a semelhança de Juliana com Marília Mendonça.

 

Amigos, familiares e clientes dizem que Juliana tem traços que lembram Marília Mendonça. – Foto: Montagem/Arquivo Pessoal/ND

Amigos, familiares e clientes dizem que Juliana tem traços que lembram Marília Mendonça (Foto: Montagem / Arquivo Pessoal)

 

E ela não é apenas física. A voz da chapecoense também se assemelha em muito com a da rainha da sofrência. O vídeo foi gravado por Sirlei Pinheiro Lima e compartilhado na internet. “Hoje o ponto de ônibus aqui em Chapecó animado por Juliana Cavalheiro”, escreveu Sirlei.

 

Minha moto estava no conserto e aquele dia fui e voltei de ônibus. Enquanto esperava o transporte urbano com uma amiga, comecei a cantar. Uma mulher me ouviu e pediu se podia gravar. Eu disse que sim. Então ela postou, mas não sabia que teria tanta repercussão”, conta Juliana, que trabalha como caixa em uma loja de utensílios.

 

A chapecoense lembra que há algum tempo clientes da loja, amigos e familiares começaram a comentar sobre as semelhanças entre elas. “Os clientes diziam que eu lembrava muito a Marília, então eu cantava para eles e todo mundo achava a voz parecida também.

 

Assista o vídeo que viralizou:

 

 

Coincidências

 

Juliana relata que outras coincidências entre as duas também chamaram a atenção, principalmente de familiares. Assim como a rainha da sofrência, a chapecoense começou a cantar na igreja ainda quando criança.

 

Depois — semelhante com história de Marília — passou a se apresentar em restaurantes e postos de combustíveis, até chegar aos barzinhos.  “Assim como ela tinha, eu também possuo a córnea retorcida, o que me faz ter problema de visão e acabar usando óculos que, inclusive, também são parecidos com os dela”.

 

Fonte: Caroline Figueiredo / ND+
Anderle Telhas e Acessórios