Rui Car
10/05/2022 10h16

Avaí vence o Coritiba de virada e entra no G4 da Série A

Guilherme Bissoli e Muriqui, ambos de pênalti, decretaram mais uma vitória Azurra na competição

Assistência Familiar Alto Vale
Foto: Gustavo Medeiros / @gustavooficialll

Foto: Gustavo Medeiros / @gustavooficialll

Delta Ativa

Dois pênaltis, virada e festa. O Avaí venceu o Coritiba por 2 a 1 na noite desta segunda-feira (09) no estádio da Ressacada e assumiu a terceira posição na tabela de classificação do Campeonato Brasileiro.

 

Igor Paixão colocou a equipe visitante na frente já no segundo tempo, mas Bissoli e Muriqui, ambos em cobranças de pênaltis, viraram a partida para o Leão da Ilha para a festa dos mais de 8 mil presentes na casa Azurra.

 

Primeiro tempo de “controle” Azurra

 

Avaí e Coritiba fizeram uma primeira etapa muito movimentada na Ressacada. Logo aos três minutos veio o primeiro, e único, susto da equipe visitante nos primeiros 45 minutos. Fabrício Daniel tabelou com Léo Gamalho, ficou cara a cara com Douglas e o goleiro Azurra fez grande defesa.

 

O Avaí respondeu aos 19’. Egídio tentou sair jogando, mas deu um presente para Muriqui. O camisa 11 finalizou forte da entrada da área e Alex Muralha, ex-Figueirense, fez grande defesa para evitar o gol do Leão.

 

Dez minutos depois foi a vez de Morato finalizar com perigo. Em boa troca de passes com Kevin e Bruno Silva, o camisa 53 cortou Egídio e mandou uma bomba para mais uma grande defesa do arqueiro paranaense.

 

Com mais posse de bola, o Avaí buscava espaços mas encontrava dificuldades em entrar na área do Coritiba. Apesar do maior controle da equipe catarinense, o zero não saiu do placar.

 

Homenagens ao capitão

 

O intervalo marcou a “despedida” do agora ex-jogador Betão aos torcedores do Avaí. Agora coordenador das categorias de base do clube, ele foi ovacianado pelos torcedores, com direito a volta olímpica no estádio.

 

Betão se despede oficialmente dos gramados – Foto: GUSTAVO MEDEIROS/@GUSTAVOOFICIALLL/ND

Betão se despede oficialmente dos gramados (Foto: Gustavo Medeiros / @gustavooficialll)

 

Pênaltis e virada

 

O segundo tempo começou no mesmo ritmo. Logo aos quatro minutos, Morato tabelou com Bissoli, invadiu a área e finalizou firme para mais uma grande defesa de Muralha.

 

Quando o Avaí era melhor na partida, veio a “ducha de água fria”. Aos 6 minutos, Egídio recebeu em profundidade do lado esquerdo, finalizou cruzado, Douglas deu rebote e Igor Paixão completou para as redes.

 

O empate, no entanto, não demorou a vir. Aos 14′, Jean Pyerre, que havia acabado de entrar, deu lindo passe em profundidade para Muriqui, o jogador invadiu a área e acabou derrubado por Egídio. Pênalti, que Guilherme Bissoli, com categoria, cobrou para deixar tudo igual.

 

A virada veio 10 minutos depois. Em grande jogada entre Morato e Kevin, o lateral cruzou rasteiro, Bissoli dividiu com Castán e foi derrubado: novo pênalti. Dessa vez, Muriqui, com muita categoria, colocou o Leão na frente.

 

Após o gol, muita transpiração e poucos lances de emoção. O Coritiba ainda tentou pressionar com vários cruzamentos para a área, mas não ameaçou o gol de Douglas.

 

Próxima parada

 

O Avaí volta a campo no domingo (15), quando recebe o Juventude pela sexta rodada da Série A. Já o Coritiba volta a campo na quinta-feira (12), quando visita o Santos pela Copa do Brasil.

 

FICHA TÉCNICA:

 

Avaí 2×1 Coritiba – 5ª rodada do Campeonato Brasileiro Série A

 

AVAÍ: Douglas; Kevin, Bressan, Arthur Chaves e Cortez; Raniele, Bruno Silva e Eduardo (Jean Pyerre); Morato (Renato), Bissoli (Rômulo) e Muriqui (Pottker). Técnico: Eduardo Barroca

 

CORITIBA: Muralha; Matheus Alexandre, Henrique, Luciano Castán e Egídio (Guilherme Biro); Willian Farias, Andrey (Adrián Martínez) e Robinho (Régis); Igor Paixão, Fabrício Daniel (Alef Manga) e Léo Gamalho (Clayton). Técnico: Gustavo Morínigo

 

Gols: Igor Paixão (COR) aos 6’ do 2º tempo, Bissoli (AVA) aos 15’ do 2º tempo e Muriqui (AVA) aos 25’ do 2º tempo.

 

Cartões amarelos: William Pottker (AVA), Jean Pyerre (AVA), Henrique (COR), Matheus Alexandre (COR) e Alef Manga

 

Público e renda: 8.548 torcedores para uma renda de R$ 257.997

 

Local: estádio da Ressacada, em Florianópolis

 

Fonte: Ian Sell / ND+
Anderle Telhas e Acessórios