Rui Car
17/06/2022 09h22

Avaí vence o Fortaleza na Ressacada e sobe na classificação do Brasileirão

Muriqui e Bissoli (duas vezes) marcaram para o Avaí e Róbson e Moisés diminuíram para os visitantes

Assistência Familiar Alto Vale
Foto: Frederico Tadeu / Avaí

Foto: Frederico Tadeu / Avaí

Delta Ativa

Em partida muito movimentada, o Avaí venceu o Fortaleza por 3 a 2 na noite desta quinta-feira (16) pela 12ª rodada da Série A do Campeonato Brasileiro. Muriqui e Bissoli (duas vezes) marcaram para o Leão da Ilha e Róbson e Moisés diminuíram para os visitantes.

 

Com o resultado, a equipe catarinense alcança a sétima posição na tabela com 17 pontos, mesmo número de Santos e RB Bragantino, mas levando vantagem no número de vitórias.

 

Já o Leão do Pici segue isolado na lanterna com apenas sete pontos conquistados.

 

Primeiro tempo de domínio Azurra

 

Apesar dos desfalques, em especial no setor de meio-campo, o Avaí fez um bom primeiro tempo e controlou as ações. Com mais de 61% de posse de bola, o Leão da Ilha chegava bem em esticadas pelos lados, principalmente pelo setor de Kevin e William Pottker.

 

A primeira boa chance da partida aconteceu aos seis minutos. Kevin arrancou pelo lado direito, cruzou rasteiro e o goleiro Marcelo Boeck conseguiu, com o pé, tirar a bola antes de Bissoli completar para as redes.

 

O controle da partida acabou resultando em gols. Aos 32 minutos, Pottker recebeu grande lançamento de Jean Cléber nas costas da defesa rival e só rolou para Muriqui completar para o gol vazio.

 

Três minutos depois, Pottker (de novo ele), arrancou pela esquerda, invadiu a área e foi derrubado: pênalti! Raphael Claus chegou a ser chamado pelo VAR para rever o lance, mas manteve a marcação.

 

Na cobrança, Guilherme Bissoli, com categoria, deslocou Boeck para marcar o segundo do Leão.

 

A equipe visitante acabou ameaçando apenas em bolas paradas. Inclusive, as duas finalizações do Fortaleza no primeiro tempo foram assim. Primeiro com Róbson cobrando falta com violência para boa defesa de Vladimir.

 

E, aos 43′, Lucas Lima bateu escanteio fechado e Róbson, novamente, foi no segundo andar para diminuir para o Leão do Pici.

 

Segundo tempo animado

 

O Avaí voltou para o segundo tempo sem Muriqui, que foi poupado por Eduardo Barroca após sofrer uma pancada. Renato acabou entrando.

 

O Fortaleza tentou ter mais a posse e o Leão da Ilha, com três jogadores velozes na frente, tentava uma boa esticada no contra-ataque.

 

E ela aconteceu aos 18 minutos. William Pottker recebeu grande enfiada de bola de Jean Cléber, invadiu a área e cruzou na medida para Renato. No entanto, o camisa 7 tentou um voleio e acabou isolando.

 

O erro custou caro. No minuto seguinte, Moisés recebeu dentro da área, driblou Bressan e bateu no canto de Vladimir para empatar a partida.

 

O “silêncio” na Ressacada, no entanto, durou apenas dois minutos. William Pottker, o nome do jogo, recebeu dentro da área e acabou derrubado por Marcelo Boeck: mais um pênalti.

 

Guilherme Bissoli novamente bateu rasteiro, no canto, para colocar o Avaí na frente do placar.

 

A partir do terceiro gol do Leão da Ilha, o Fortaleza tentou se lançar com tudo ao ataque para conseguir ao menos um ponto.

 

Barroca ainda promoveu a estreia de Rafael Vaz para reforçar o sistema defensivo, e seguiu apostando em contragolpes com as entradas de Copete e Morato. Apesar da pressão adversária, a equipe catarinense se defendeu bem e conseguiu manter o resultado.

 

Próxima parada

 

O Avaí volta a campo no domingo (19) quando visita o Fluminense no Maracanã. Também no domingo, o Fortaleza recebe o América-MG no Castelão.

 

FICHA TÉCNICA:

 

Avaí 3×2 Fortaleza – 12ª rodada da Série A do Campeonato Brasileiro

 

AVAÍ: Vladimir; Kevin, Bressan, Arhur Chaves e Cortez; Lucas Ventura (Vinícius Leite), Jean Cléber e Matheus Galdezani (Rafael Vaz); Pottker, (Morato) Bissoli (Copete) e Muriqui (Renato). Técnico: Eduardo Barroca

 

FORTALEZA: Marcelo Boeck; Landazuri (Ceballos), Benevenuto e Titi; Jussa (Lucas Crispim), Zé Welison, Hércules (Ronald), Lucas Lima (Silvio Romero) e Juninho Capixaba; Moisés (Torres) e Robson. Técnico: Juan Pablo Vojvoda

 

Gols: Muriqui (AVA) aos 32 minutos do 1º tempo, Guilherme Bissoli (AVA) aos 39 minutos do 1º tempo, Róbson (FOR) aos 43 minutos do 1º tempo, Moisés (FOR) aos 19 minutos do 2º tempo e Guilherme Bissoli (AVA), aos 23 minutos do 2º tempo

 

Cartões amarelos: Zé Welison (FOR), Marcelo Boeck (FOR), Renato (AVA) e Robson (FOR)

 

Público e renda: 8.937 torcedores para uma renda R$ 195.350

 

Local: estádio da Ressacada, em Florianópolis

 
Fonte: Ian Sell / ND+
Anderle Telhas e Acessórios