Rui Car
08/08/2022 10h53

Botafogo-PB x Figueirense definem matematicamente classificação à próxima fase da Série C

Figueira tem 29 pontos e sete vitórias, e está na 5ª posição

Assistência Familiar Alto Vale
Foto: Patrick Floriani / Figueirense

Foto: Patrick Floriani / Figueirense

Delta Ativa

Figueirense e Botafogo-PB jogam, nesta segunda-feira (08), no fechamento da penúltima rodada da Série C. Com o término da primeira fase o duelo, mais do que nunca, tem caráter decisivo para as equipes. Os clubes medem forças no Almeidão, a partir das 20h.

 

Separadas por apenas um ponto, as equipes jogam para oficializar a classificação a etapa seguinte da Terceira Divisão do Brasil. O Figueirense tem 29 pontos e sete vitórias, na 5ª posição. O Belo da Paraíba vem logo em seguida, com 28 e as mesmas sete vitórias.

 

Com a classificação virtualmente consolidada por ambas as equipes, a disputa se volta para as colocações uma vez que, dentre os oito classificados, os quatro primeiros terão a vantagem de jogar as partidas decisivas em suas respectivas casas.

 

O Figueirense, além de estar na frente, chega mais “embalado” para o confronto depois de vitória eletrizante na última rodada. O Botafogo, em uma voltagem mais amena, soma três empates seguidos na últimas rodadas.

 

O Belo

 

O Botafogo é o segundo time que menos perde na competição ao lado de Paysandu e ABC. Há apenas uma equipe que menos vezes foi superada: justamente o Figueirense.

 

Não à toa o Botafogo está atrás do Furacão do Estreito, na tabela. O técnico Itamar Schülle, natural de Ituporanga, já alertou para os perigos do Alvinegro.

 

De olho na dificuldade o técnico até pediu mais “paciência” ao torcedor que não vem aprovando a recente queda da equipe, na tabela de classificação.

 

Eles têm muita qualidade e um padrão. A gente vai buscar a vitória. Precisamos que os torcedores tenham calma e apoiem os atletas”, destacou Schülle.

 

O próprio técnico esteve diante do Figueirense de Júnior Rocha, em 2022: foi no duelo contra o Concórdia, onde era ele o comandante do Galo do Oeste no estadual. Vitória do time de Itamar, na ocasião, 1 a 0.

 

O Belo dever ir a campo com: Victor Golas; Salomão, Paulo Vítor, William Alves e Elias; Ratinho, PH e Esquerdinha; Anderson Rosa, Leílson e Schumacher.

 

Figueirense

 

O clima no estádio Orlando Scarpelli é bom. Não é arriscado dizer que é um dos melhores dos últimos anos. Com uma campanha correta e de quase classificação à primeira fase, o Figueirense dá mostras técnicas e institucionais de crescimento na hora certa.

 

Esse processo de crescimento passa pelo jogo, na Paraíba. Apesar de não haver a pressão pelo resultado, o Figueirense sabe que precisa pontuar no outro lado do País para voltar à Florianópolis classificado e, aí sim, de olho apenas na colocação.

 

Depois de sentir a força do estádio Orlando Scarpelli, jogadores, comissão técnica e torcida sabem que juntos, são quase imbatíveis.

 

Furacão do Estreito desembarcou em João Pessoa neste domingo (07). A equipe realiza mais um trabalho antes do jogo. Júnior Rocha conta com o retorno do lateral Zé Mário, desfalque por suspensão na última rodada.

 

Quem está fora é o zagueiro Luís Fernando que não deve mais voltar em 2022. Kadu faz a zaga ao lado de Maurício. Andrew, com o terceiro amarelo, é outro desfalque importante na equipe.

 

A expectativa é que o atacante Gustavo Ramos fique com a vaga no ataque, para formar trinca com Tito e Jean Dias. Rocha deve mandar o Furacão do Estreito com: Wilson; Muriel, Maurício, Kadu e Zé Mário; Oberdan, Léo Artur e Rodrigo Bassani; Gustavo Ramos, Jean Silva e Tito.

 

Onde acompanhar

 

O duelo será acompanhado, em Tempo Real, pelo ND+, com todos os detalhes no Arena ND+. A Dazn também transmite o duelo em seu serviço de streaming.

 

FICHA TÉCNICA

 

Botafogo-PB: Victor Golas; Salomão, Paulo Vítor, William Alves e Elias; Ratinho, PH e Esquerdinha; Anderson Rosa, Leílson e Schumacher. Técnico: Itamar Schülle.

 

Figueirense: Wilson; Muriel, Maurício, Kadu e Zé Mário; Oberdan, Léo Artur e Rodrigo Bassani; Gustavo Ramos, Jean Silva e Tito. Técnico: Júnior Rocha.

 

Local: estádio Almeidão, em João Pessoa (PB). Data: 07/08/2022. Hora: 20h.

 

Arbitragem: Alisson Sidnei Furtado (TO); auxiliado por Cipriano da Silva Souza (TO) e Fernando Gomes da Silva (TO).

 

Fonte: Diogo de Souza / ND+
Anderle Telhas e Acessórios