Rui Car
01/05/2022 14h43

Brusque perde para a Ponte Preta e segue sem pontuar fora de casa na Série B

Com atuação muito abaixo da média, quadricolor sofre dois gols e pouco ameaça a meta adversária

Assistência Familiar Alto Vale
Foto: Lucas Almeida / L17

Foto: Lucas Almeida / L17

Delta Ativa

O Brusque foi derrotado por 2 a 0 pela Ponte Preta na noite deste sábado (30), no estádio Moisés Lucarelli, pela quinta rodada da Série B do Campeonato Brasileiro. Norberto abriu o placar com um golaço no primeiro tempo, e Lucca ampliou na segunda etapa. Com o resultado, o quadricolor acumula três derrotas em três partidas fora de casa na competição.

 

Esta foi a segunda vitória consecutiva da Ponte Preta em casa, que marcou contra o Brusque seu segundo e seu terceiro gol nesta Série B.

 

Pouco Brusque

 

A Ponte Preta começou a partida se lançando ao ataque, mas sem levar grande perigo ao gol de Ruan Carneiro. Nos 10 primeiros minutos, o Brusque se defendeu com segurança, mas não conseguia responder na frente.

 

Ao longo da primeira etapa, o quadricolor tinha dificuldade em fazer a bola chegar com qualidade a Alex Sandro e Fernandinho, e portanto, tentava algumas ligações diretas, mas sem grande sucesso. Quando o time chegava ao ataque, faltava qualidade no passe para furar a defesa pontepretana.

 

Placar aberto

 

Aos 15 minutos do primeiro tempo, os donos da casa abriram o placar. O lateral-direito Norberto deixou Fernandinho para trás e teve liberdade na intermediária, cortando em direção à meia-lua. Teve espaço e chutou com força, de perna esquerda. A bola voou no canto direito de Ruan Carneiro, que ainda tentou a defesa, mas não achou nada.

 

Seis minutos depois, após levantamento na área, a bola foi escorada no segundo poste e chegou até Lucca. Na entrada da pequena área, o atacante cabeceou, mas Ruan Carneiro, bem posicionado, fez a defesa sem rebote.

 

Respostas brusquenses

 

Aos 22, Pará cruzou, a bola chegou ao outro lado da área. Fernandinho dominou, tentou o chute, mas parou em Norberto. Aos 24, Luiz Antônio emendou uma bomba do meio da rua, mas a bola explodiu na trave à direita de Caíque França. No rebote, Alex Sandro emendou um chute de primeira, cruzado, e o goleiro fez nova defesa.

 

Pouca ação

 

O primeiro tempo seguiu com bastante disputa, mas pouca qualidade, especialmente perto da área. Aos 32, Danilo Gomes cortou para dentro e chutou rasteiro. A bola passou perto do gol e Ruan Carneiro teve que conferir.

 

Aos 42, o Brusque fez boa jogada. Rodolfo Potiguar levantou na esquerda, e Airton cabeceou para o meio da área. Fábio Sanches chegou na hora para cortar para escanteio.

 

Insuficiente

 

Na segunda etapa, o Brusque começou mostrando mudanças sutis de postura, principalmente, após as entradas de Jailson e Júnior Todinho. Mas, antes, quem havia chegado mais próximo ao gol era a Ponte Preta. Aos três minutos, após boa troca de passes, Norberto chuta firme, rasteiro. Ruan Carneiro fez defesa segura em dois tempos.

 

Ponte melhor

 

O Brusque ensaiou uma melhora, mas isto durou muito pouco. A Ponte Preta seguiu mais próxima do segundo gol do que o quadricolor do primeiro. Aos 19, Wallisson fez ótima jogada individual, mas foi ultrapassado pelo seu colega Echaporã, que foi quem chutou. Ruan Carneiro defendeu seu rebote.

 

Aos 21, os donos da casa dobraram a vantagem. Após cobrança de escanteio de Norberto, Wallisson cabeceou no canto. Ruan Carneiro espalmou, mas a bola bateu na trave e ficou viva na pequena área. Atento, Lucca veio correndo e mandou para o fundo do gol.

 

E só dava Ponte Preta, com o goleiro Caíque França trabalhando pouquíssimo na segunda etapa. Aos 32, Echaporã mandou uma bomba em cobrança de falta e a bola foi com tudo no travessão.

 

Lampejos

 

O Brusque fez Caíque França trabalhar já nos minutos finais. Aos 35, Rodolfo Potiguar ganhou escanteio com um chute desviado. Na sobra desta cobrança, Jailson bateu de fora, com muita categoria. O goleiro voou em seu canto alto esquerdo para fazer bela defesa.

 

Após uma outra finalização com defesa segura de Caíque França, o goleiro da Ponte Preta levou amarelo por cera.

 

Já aos 46, Alex Sandro recebeu na área e chutou, mas foi travado por Jean Carlos.

 

Próximo jogo

 

O Brusque enfrenta a Chapecoense no estádio Augusto Bauer, pela sexta rodada. A partida está marcada às 21h30 desta quinta-feira, 5.

 

Às 16h de domingo, 8, a Ponte Preta enfrenta o Guarani no Brinco de Ouro.


Ponte Preta 2×0 Brusque

 

Campeonato Brasileiro – Série B
5ª rodada
Sábado, 30 de abril de 2022
Estádio Moisés Lucarelli, Campinas (SP)

 

Ponte Preta: Caíque França; Norberto (Bernardo 23′-2ºt), Thiago Oliveira, Fábio Sanches, Artur (Jean Carlos-int); Léo Naldi, Amaral (Moisés Ribeiro 17′-2ºt); Ramon (Wallisson 8′-2ºt); Danilo Gomes (Nicolas 17′-2ºt), Lucca e Echaporã.
Técnico: Hélio dos Anjos

 

Brusque: Ruan Carneiro; Pará (Toty 27′-2ºt), Bruno Aguiar, Éverton Alemão, Airton; Balotelli (Trindade 38′-2ºt), Rodolfo Potiguar, Luiz Antônio (Júnior Todinho 11′-2ºt); Diego Jardel (Jailson 11′-2ºt); Alex Sandro e Fernandinho (Alex Ruan 27′-2ºt).
Técnico: Waguinho Dias

 

Trio de arbitragem (RS): Jean Pierre Gonçalves Lima apita a partida, auxiliado por Leirson Peng Martins e Lucio Beiersdorf Flor.

 

Árbitro de vídeo: Carlos Eduardo Nunes Braga (RJ)

 

Gols: Norberto (15′-1ºt) e Lucca (21′-2ºt).

 

Cartões amarelos: Danilo Gomes e Caíque França; Trindade.

 

Fonte: João Vitor Roberge / O Município
Anderle Telhas e Acessórios