Rui Car
11/06/2022 10h00

Brusque tem dúvidas na escalação para o jogo contra o Ituano

Alex Ruan, Crislan e Álvaro têm situações que preocupam o técnico Luan Carlos; Airton e Jeferson Bahia também sentiram dores

Assistência Familiar Alto Vale
Foto: Jefferson Alves / Brusque FC

Foto: Jefferson Alves / Brusque FC

Delta Ativa

O técnico Luan Carlos revelou algumas dúvidas na escalação para a partida contra o Ituano, que começa às 11h deste sábado, 11, no Augusto Bauer. Na coletiva de imprensa na manhã desta sexta-feir (10), o treinador afirmou que Crislan, Alex Ruan e Álvaro estão desgastados fisicamente e se preocupa com a possibilidade de lesões.

 

Os atletas sentiram dores no decorrer do jogo contra o Vila Nova, mas não chegaram a passar por exames. Todos estão sendo avaliados e treinaram normalmente nesta sexta. Luan Carlos relata que teve conversas com os jogadores na reapresentação da quinta-feira (09).

 

Em relação ao departamento médico, nós temos alguns problemas para serem analisados. É muito importante que eles passem para nós uma análise fidedigna do que estão sentindo em relação à recuperação, a dores musculares. Nós não temos todos os parâmetros para fazer uma avaliação mais completa. Então a gente precisa muito da avaliação deles também”, comenta.

 

O planejamento em relação ao retorno de Crislan à equipe foi afetado por conta da situação do jogador. Luan Carlos pretendia contar com o centroavante como titular, mas se preocupa com o risco de uma nova lesão.

 

Estamos tendo muito cuidado, tentando analisar qual a melhor forma de dar sequência para ele dentro da equipe. Acho que a gente precisava fazer o que fez, iniciando um jogo com ele. Porque o Crislan ainda está um pouco travado no que diz respeito a ritmo de jogo, condição física e fisiológica. Mas ele só vai pegar isto jogando”.

 

Álvaro sentiu dores no músculo adutor após o jogo contra o Vila Nova, e também está sendo avaliado com base nos próprios relatos do jogador. Luan Carlos destaca que o meia tem entendido muito bem sua função dentro de campo, mas que é necessário cautela para utilizá-lo como titular.

 

Luan Carlos também citou Airton, por não ter conseguido fazer os 90 minutos contra o Vila Nova. Contudo, o lateral-esquerdo relatou melhoras na quinta-feira, 9, e portanto, o jogador é uma preocupação menor. Jeferson Bahia também está sendo acompanhado. “São muitos jogadores, mas é devido a esta sequência de jogos, não tem como. A gente teve a viagem a Goiânia, o retorno, e a gente precista também entender que isto vai acontecer no decorrer do campeonato”.

 

De qualquer forma, as únicas ausências no CT Rolf Erbe foram Ianson, Sandro, Gabriel Taliari e Fernandinho, que ainda se recuperam de suas respectivas lesões em diferentes estágios. Luan Carlos comandou treinos divididos em dois grupos para trabalhar passes rapidos sob pressão e a pressão após a perda da posse de bola. Após o fim do treino, alguns jogadores, de maneira mais informal, exercitaram finalizações na entrada da área e dentro dela.

 

Quanto ao Ituano, Luan Carlos espera que a bola parada seja uma arma adversária, assim como em outras ocasiões. “O Ituano tem uma dupla de zaga muito alta, o próprio centroavante também, ele tem uma característica de atacar o primeiro pau com um bom cabeceio. Então a gente está tentando já neutralizar estar ações”.

 

Camisa 9

 

Perguntado sobre se espera a contratação de um centroavante na próxima janela de transferências, Luan Carlos confirma que o elenco precisa ser reforçado neste setor.

 

Acho que é necessário. Acho que é importante. É uma posição que a gente tem no elenco, mas que, infelizmente, por questões de lesão, os atletas ainda não conseguiram ter uma sequência no trabalho. Mas a diretoria vem analisando, o Brusque tem esta qualidade na busca no mercado, tem um filtro bom para contratar. Então a gente está bem confiante que, nesta janela que vai se abrir, consiga reforçar o elenco”.

 

 

Fonte: João Vítor Roberge / O Município
Anderle Telhas e Acessórios