Rui Car
04/06/2022 10h11

Brusque x Náutico se enfrentam em briga contra o rebaixamento na Série B

Equipes vivem momento ruim ofensivamente; quadricolor segue com sequência invicta no Augusto Bauer

Assistência Familiar Alto Vale
Foto: Jefferson Alves / Brusque FC

Foto: Jefferson Alves / Brusque FC

Delta Ativa

O Brusque enfrenta o Náutico às 19h deste sábado (04), no estádio Augusto Bauer, pela 10ª rodada da Série B do Campeonato Brasileiro. O único desfalque do quadricolor será o lateral-direito Pará, suspenso pelo terceiro cartão amarelo. As duas equipes se enfrentam vivendo momentos complicados ofensivamente, mas o time da casa continua mantendo sua sequência invicta no Gigantinho.

 

Na manhã desta quinta-feira (02), o quadricolor treinou no estádio Cônsul Carlos Renaux, do Paysandú. Luan Carlos fez treinos de ataque e defesa, buscando fazer com que a parte ofensiva furasse o bloco adversário após circular a bola, enquanto os jogadores da defesa precisavam impedir. Também foi trabalhada a defesa de bolas paradas, principalmente de escanteios.

 

Apenas cinco jogadores não compareceram ao treino: os zagueiros Ianson (se recupera de lesão no joelho e volta aos poucos com o trabalho com bola) e Sandro (ainda afastado por lesão no ombro); o lateral-esquerdo Ângelo (se recupera de tendinite); o atacante Fernandinho (ainda realiza uma transição para os treinos integrais); e o meia Gabriel Taliari. Ele tem se recuperado de lesão grave no joelho direito. Voltou a treinar com bola na quarta-feira, 1º, mas se ausentou no dia seguinte para realizar um exame.

 

O atacante Lucas Silva fez alguns trabalhos com bola à parte, ainda se recuperando de ruptura muscular.

 

Pelo visto nos treinos mais recentes, é possível que Jeferson Bahia ganhe nova oportunidade como titular. Diego Jardel, que foi desfalque contra o Vasco, está de volta. Um time provável tem Jordan; Toty, Wallace, Jeferson Bahia, Airton; Zé Mateus, Rodolfo Potiguar; Júnior Todinho, Diego Jardel, Alex Ruan; Alex Sandro.

 

Pará está suspenso pelo terceiro cartão amarelo. Bruno Aguiar segue pendurado com dois cartões.

 

Ataque

 

A parte ofensiva do quadricolor vem passando por dificuldades. Apesar de ser a terceira equipe em média de posse de bola por jogo (53,7%*), e a quarta em média de finalizações (14,9*), é a que tem, ao fechamento da nona rodada, o terceiro pior ataque da competição (seis gols), empatada com Náutico e CSA, à frente apenas de Chapecoense, Guarani e Ponte Preta.

 

Além disso, o Brusque já atingiu a trave quatro vezes, é o time que mais tem grandes chances perdidas (11*) e o terceiro em passes concluídos por jogo (345*).

 

Sequência em casa

 

O Brusque continua vivendo uma ótima fase como mandante. São 16 jogos de invencibilidade desde 24 de outubro, com 11 vitórias e seis empates. O recorde é de 22 jogos, obtido entre 2010 e 2011. Quatro treinadores passaram pelo quadricolor naquele período: Hélio Vieira, Joceli dos Santos, Paulo Turra e Nestor Simionatto.

 

Náutico

 

O Náutico está há cinco jogos sem vencer na Série B, e chegou à 17ª posição ao final da nona rodada. A equipe vem de dois empates, diante de Ituano, fora de casa, e CSA, em Recife.

 

No ataque, o Timbu passa por um momento semelhante ao que vive o Brusque. A rodada começa com a equipe sendo a que mais finaliza na competição (16,8 finalizações por jogo*), mas tem apenas seis gols marcados. Também é a que tem a terceira maior média de posse de bola (53,7%*), empatada com o quadricolor.

 

As chuvas em Pernambuco têm causado estragos e até mortes, e no caso do Náutico, têm afetado a preparação para a partida e causado prejuízos. Parte da pista de acesso ao Centro de Treinamento (CT) Wilson Campos desabou, comprometendo o tráfego até o local. O time conseguiu treinar no CT na terça-feira, 1º, mas na segunda-feira, 30, precisou treinar no CT do Sport.

 

Não há desfalques por suspensão. Cinco jogadores estão pendurados: os zagueiros Camutanga e Carlão; o lateral e atacante Bryan; o meio-campista Richard Franco; e o atacante Luis Phelipe.

 

Uma escalação provável tem Lucas Perri; Victor Ferraz, Carlão, Bruno Bispo, João Paulo; Richard Franco, Ralph; Djavan, Jean Carlos, Pedro Vitor (Amarildo); Léo Passos.

 

Há alguns desfalques no lado do Timbu. O lateral-esquerdo Júnior Tavares está fora, com o tornozelo esquerdo machucado. O atacante Luis Phelipe sofreu lesão muscular e está fora. Também atacante Kieza, segue trabalhando a parte física após se recuperar de um problema na coxa. O lateral-direito Hereda continua desfalcando a equipe por uma lesão no joelho. O volante Rhaldney está com uma virose; Camutanga tem dores no joelho, e o lateral-esquerdo Ailton está com uma lesão muscular na coxa.

 

O lateral Bryan segue se recuperando de uma ruptura dos ligamentos do joelho direito, e não joga mais em 2022. Ele havia sofrido uma lesão semelhante no ano passado.

 

No início da semana, o Náutico anunciou dois reforços: o lateral-esquerdo João Lucas e o atacante Geuvânio. João Lucas, que participou da campanha de acesso à Série A com o Avaí em 2021, estava sem clube desde que disputou o Campeonato Paulista pela Ferroviária. Portanto, pode ser regularizado sem precisar aguardar pela abertura da janela de transferências em 18 de julho. O mesmo ocorre com Geuvânio, que estava sem contrato desde a passagem pela Chapecoense no ano passado.

 

Arbitragem

 

O trio é paulista. Vinicius Gonçalves Dias Araujo apita a partida, auxiliado por Luiz Alberto Andrini Nogueira e Fabrini Bevilaqua Costa (FIFA). Vinicius Furlan (SP) é o árbitro de vídeo.

 

Brusque x Náutico em tempo real

 

Acompanhe Brusque x Náutico com a descrição dos lances em tempo real em omunicipio.com.br. O pré-jogo começa às 18h30.


*Fonte dos dados: Sofascore

 

Fonte: João Vítor Roberge / O Município
Anderle Telhas e Acessórios