Rui Car
20/08/2022 09h03

Chapecoense e Brusque jogam, neste sábado, em duelo “particular” da Série B

Situação na tabela reflete em necessidade de vitória para ambas equipes

Assistência Familiar Alto Vale
Foto: Arquivo / Jefferson Alves / Brusque FC

Foto: Arquivo / Jefferson Alves / Brusque FC

Delta Ativa

Chapecoense e Brusque duelam, neste sábado (20), em Chapecó, a partir das 16h30, em confronto local da Série B do Campeonato Brasileiro. Com campanha na metade de baixo da tabela de classificação, o encontro entre os catarinenses carrega contornos dramáticos.

 

O duelo tem o DNA de Santa Catarina, mas a verdade é que acontece em um momento pouco favorável aos envolvidos. Isso porque a Chapecoense tem campanha de pior mandante entre todos os disputantes da Série B com apenas uma vitória até aqui.

 

Vem, ainda, de um jejum de seis jogos sem vencer já que soma cinco empates – consecutivos – e uma derrota. A última vez que o Verdão do Oeste saiu com os três pontos foi a vitória sobre o Náutico, no Recife (PE), há mais de um mês.

 

O Brusque, por outro lado, até venceu na última rodada, mas só triunfou depois de acumular cinco jogos de jejum. O reflexo desse mau momento acumulado está na tabela de classificação.

 

Nesse momento o Brusque é 14º colocado com 28 pontos, dois pontos a mais que a Chapecoense que aparece na sequência.

 

Léo poupado

 

O técnico Marcelo Cabo “ganhou” um grande problema na tarde desta sexta-feira (19). Isso porque o Departamento de Fisiologia da Chapecoense orientou a comissão técnica de poupar o experiente atleta que apresenta “desgaste muscular” nesse momento.

 

Outra baixa confirmada é o atacante Orejuela, entregue ao DM. A contrapartida será o retorno do zagueiro Victor Ramos, que cumpriu suspensão na última rodada.

 

O grande desafio de Marcelo Cabo ainda é a necessidade de voltar a vencer em seus domínios. A única vitória em casa foi obtida diante do Sampaio Corrêa, por 3 a 1, em 1º de julho. Além deste jogo, a Chape tem cinco empates e cinco derrotas fora de casa, sendo o pior mandante da competição.

 

De olho nessa retomada de rumo a direção do Verdão diminuiu os preços dos ingressos (custa entre R$ 20 e R$ 80 o ingresso inteiro) e liberou cortesia para sócios.

 

A Chape deve ir a campo com: Saulo; Mailton (Ronei), Xandão (Cleylton), Victor Ramos e Fernando; Matheus Bianqui, Darlan, Felipe Ferreira e Tomás; Alisson Farias e Perotti.

 

Brusque

 

O técnico Luan Carlos pensa alguns ajustes para o Bruscão, mas sabe que só terá os treinamentos para fazer isso. O comandante do quadricolor está suspenso e é desfalque para o duelo, assim como o volante Zé Mateus, que estava sendo improvisado na lateral.

 

Edílson cumpriu suspensão na rodada anterior e deve voltar ao time titular, aproveitando as ausências de Toty e Pará por lesão. O auxiliar-técnico Teco comandará a equipe da beira do campo.

 

O Brusque deve ir a campo com: Jordan; Edílson, Éverton Alemão, Wallace e Airton; Potiguar, Balotelli e Álvaro (Gabriel Taliari); Alex Sandro, Patrick e Fernandinho.

 

Onde acompanhar

 

O duelo será acompanhado pelas principais rádios de Chapecó e Brusque.

 

FICHA TÉCNICA

 

Chapecoense: Saulo; Mailton (Ronei), Xandão (Cleylton), Victor Ramos e Fernando; Matheus Bianqui, Darlan, Felipe Ferreira e Tomás; Alisson Farias e Perotti. Técnico: Marcelo Cabo.

 

Brusque: Jordan; Edílson, Éverton Alemão, Wallace e Airton; Potiguar, Balotelli e Álvaro (Gabriel Taliari); Alex Sandro, Patrick e Fernandinho. Técnico: Teco.

 

Local: Arena Condá, em Chapecó (SC). Data: 20/08/22. Hora: 16h30.

 

Arbitragem: José Mendonça da Silva Júnior (PR); auxiliado por Ivan Carlos Bohn (PR) e Victor Hugo Imazu dos Santos (PR).

 
Fonte: ND+
Anderle Telhas e Acessórios