Rui Car
02/07/2022 10h50 - Atualizado em 02/07/2022 10h51

Chapecoense encerra jejum e vence a primeira em casa na Série B

Lucas Hipólito (contra), Lima e Marcelo Santos marcaram para o Verdão e Ygor Catatau diminuiu para a equipe visitante

Assistência Familiar Alto Vale
Foto: Júlia Galvão / Chapecoense

Foto: Júlia Galvão / Chapecoense

Delta Ativa

Acabou o jejum! A Chapecoense conseguiu a primeira vitória em casa nesta Série B do Campeonato Brasileiro. A equipe do técnico Gilson Kleina bateu o Sampaio Corrêa pelo placar de 3 a 1 na noite desta sexta-feira (1º).

 

Lucas Hipólito (contra), Lima e Marcelo Santos marcaram para o Verdão e Ygor Catatau diminuiu para a equipe visitante.

 

Com o resultado, a equipe catarinense sobe para a 13ª posição na tabela com 18 pontos, porém, ainda pode ser ultrapassada no decorrer da rodada.

 

O jogo

 

Com a pressão de encerrar o incomodo jejum de vitórias dentro da Arena Condá, a Chapecoense fez um primeiro tempo de muita transpiração e pouca inspiração. Aliás, o mesmo vale para a equipe do Sampaio Corrêa, pouco efetiva no ataque.

 

Quem chegou primeiro com perigo foi a Chape. Logo aos dois minutos, em contra-ataque rápido, Orejuela foi a linha de fundo e bateu cruzado para boa defesa de Gabriel Batista.

 

A Bolívia Querida respondeu aos 15′. Matheusinho levantou na área e Gabriel Povede, de peixinho, cabeceou rente à trave direita de Vagner, que apenas “torceu”.

 

O Verdão voltou a ameaçar já na reta final da primeira etapa. Matheus Bianqui fez boa jogada pelo meio e chutou forte para mais uma boa defesa do goleiro da equipe visitante.

 

Segundo tempo

 

Se o primeiro tempo foi de poucos lances de perigo, o torcedor do Verdão teve motivos para comemorar logo no primeiro minuto da segunda etapa.

 

Orejuela cruzou na área e Luca Hipólito acabou desviando contra o próprio patrimônio, sem chances de defesa para Gabriel Batista: 1 a 0 Chapecoense.

 

 

O Sampaio quase chegou ao empate na bola parada. Matheusinho mandou uma bomba na cobrança de falta e Vagner conseguiu afastar o perigo.

 

O Verdão quase marcou o segundo com Matheus Bianqui. Orejuela, muito ativo no jogo, apareceu livre na ponta esquerda, cruzou rasteiro, Éderson desviou e o camisa 38 do Verdão, de primeira, acertou o travessão.

 

O segundo gol catarinense acabou saindo em jogada pelo lado oposto. Tiago Real encontrou Lima pelo setor, que mandou um chutaço de fora da área para fazer um lindo gol na Arena Condá.

 

 

A vitória parecia encaminhada com o segundo gol, mas ainda houve tempo para um susto em Chapecó. Aos 38 minutos, Renatinho cobrou escanteio e Ygor Catatau, livre, subiu para cabecear para as redes e diminuir.

 

O torcedor que “gelou” no momento do gol adversário, ficou aliviado 10 minutos depois. Em jogada de raça, Marcelos Santos ganhou da marcação, ficou cara a cara com o goleiro adversária e marcou o terceiro para confirmar a vitória da equipe catarinense.

 

Próxima parada

 

A Chapecoense volta a campo no próximo sábado (09), quando enfrenta a Tombense fora de casa. No mesmo dia o Sampaio Corrêa recebe o Ituano.

 

FICHA TÉCNICA:

 

Chapecoense 3×1 Sampaio Corrêa – 16ª rodada da Série B do Campeonato Brasileiro

 

CHAPECOENSE: Vagner; Frazan (Ronei), Léo, Victor Ramos e Fernando; Matheus Bianqui (Claudinho), Marcelo Freitas, Lima e Tiago Real (Marcelo Santos); Éderson (Derek) e Orejuela (Luizinho). Técnico: Gilson Kleina

 

SAMPAIO CORRÊA: Gabriel Batista; Mateusinho (Renatinho), Allan, Nilson Júnior e Lucas Hipólito (Pará); André Luiz, Ferreira (Eloir) e Rafael Vila (Maurício); Ygor Catatau, Gabriel Poveda e Wesley Pionteck (Rafael Costa). Técnico: Léo Condé

 

Gols: Lucas Hipólito (contra) ao 1 minuto do 2º tempo, Lima (CHA) aos 34 minutos do 2º tempo, Ygor Catatau (SAM) aos 38 minutos do 2º tempo e Marcelo Santos (CHA) aos 49 minutos do 2º tempo

 

Cartões amarelos: Matheus Bianqui (CHA), Tiago Real (CHA), Allan (SAM) e Rafael Vila (SAM)

 

Local: Arena Condá, em Chapecó

 

Fonte: ND+
Anderle Telhas e Acessórios