Rui Car
22/07/2022 10h59

Criciúma pode ser multado em até mil reais por minuto

Falta de luz artificial durante jogo contra o Vasco vai levar clube ao STJD; Vuaden relatou atraso em súmula

Assistência Familiar Alto Vale
Foto: Celso da Luz / Criciúma EC

Foto: Celso da Luz / Criciúma EC

Delta Ativa

Os nove minutos de atraso para o reinício do segundo tempo do jogo entre Criciúma e Vasco pode custar caro ao Tigre. O clube foi denunciado no Artigo 216 do CBJD e pode ter que pagar até mil reais por minuto de atraso.

 

O árbitro Leandro Pedro Vuaden relatou em súmula o motivo do reinício retardado do segundo tempo: “informo que o reinicio da partida no segundo tempo teve um atraso de 9 mintos em razao de a equipe mandante nao ter ligado os refletores no momento que foi solicitado pelo delegado da partida, que foi ao final do primeiro tempo. Sendo que ao retornamos ao campo de jogo, ambas as equipes reclamaram da dificuldade de visibilidade que se encontrava no momento, e aguardamos a total iluminacao dos refletores”.

 

O Criciúma foi denunciado no Artigo 216  ( Dar causa ao atraso do início da realização de partida), que prevê punição entre R$ 100 e R$ 1000  para  cada minuto de atraso.

 

O julgamento será realizado na próxima segunda-feira. A multa pode variar entre 900 e 9 mil reais.

 
Fonte: Renato Semensati / ND+
Anderle Telhas e Acessórios