Rui Car
06/09/2022 15h08

Dal Pozzo volta à Chapecoense após oito anos e mantém tradição com vitória na estreia

Técnico responsável pelo acesso à Série A, desta vez, tem a missão de permanência na Série B

Assistência Familiar Alto Vale
Foto: Tiago Meneghini / Chapecoense

Foto: Tiago Meneghini / Chapecoense

Delta Ativa

Chapecoense apostou em um velho conhecido da torcida para cumprir a missão de 2022: permanecer na Série B. Gilmar Dal Pozzo voltou ao time após oito anos e manteve a tradição vitoriosa na estreia, ao derrotar a Ponte Preta por 3 a 0.

 

Primeira passagem

 

Gilmar Dal Pozzo assumiu a Chapecoense pela primeira vez, em 2012. Coincidentemente, também em setembro, com vitória, dentro de casa, com poucos dias de treino e após o time vir de uma sequência de derrotas.

 

Com apenas três dias no comando, Dal Pozzo levou o elenco alviverde à goleada sobre o Caxias por 4 a 0. Nos quatro primeiros jogos, três vitórias e um empate. Foram dez gols feitos e apenas um sofrido, mais do que o time havia realizado em 11 rodadas disputadas.

 

O carimbo no passaporte para a Série B veio no dia 8 de novembro. O Verdão garantiu o tão sonhado acesso, após bater na traves por três anos. A vaga na Segundona foi decretada após a derrota de 1 a 0 para o Luverdense. Mesmo com o placar negativo, os 3 a 0 anotados em Santa Catarina, garantiram a conquista histórica.

 

A nova meta

 

Dal Pozzo voltou ao Verdão, com a missão de permanecer na Série B. Para isso, tem mais 10 rodadas. Terá confrontos diretos com CSA, Operário, Sampaio Corrêa, Náutico e Guarani. Todos os times na segunda parte da tabela de classificação.

 

Quando questiono na coletiva de apresentação, sobre a pontuação necessária para cumprir a meta deste ano, Dal Pozzo citou 45, mas sem cravar isso com uma “numeração mágica”. Preferiu focar no confronto com a Ponte Preta. Após a vitória o treinador já focou no duelo com o Londrina: “Foi uma vitória convincente. Ela foi boa. Mas é comemorar amanhã e o pau come na segunda à tarde. A gente vai trabalhar muito forte e fazer os ajustes necessários. Vamos continuar com essa mentalidade. Não podemos baixar a guarda com o Londrina“.

 
Fonte: Isabela Corrêa / Globo Esporte SC
Anderle Telhas e Acessórios