Rui Car
15/05/2022 11h44 - Atualizado em 15/05/2022 11h45

Em jogo com dois pênaltis a favor, Brusque perde para o Londrina pela Série B

Quadricolor chega à quarta derrota consecutiva fora de casa

Assistência Familiar Alto Vale
Foto: Ricardo Chicarelli / Londrina EC

Foto: Ricardo Chicarelli / Londrina EC

Delta Ativa

O Brusque foi derrotado por 2 a 1 para o Londrina neste sábado (14), no Estádio do Café, pela sétima rodada da Série B. Foram marcados dois pênaltis para o quadricolor, mas apenas Diego Jardel conseguiu converter, no segundo tempo, enquanto Alex Sandro desperdiçou uma cobrança na primeira etapa. Douglas Coutinho e Caprini marcaram para os donos da casa.

 

Esta é a quarta derrota consecutiva do Marreco jogando fora de casa.  A sequência iguala as ocorridas entre junho e julho e outubro e novembro de 2021, pela Série B.

 

Por outro lado, o Londrina encerra uma sequência de cinco jogos sem vitória na competição.

 

Lá e cá

 

O Londrina chegou com perigo já aos três minutos. Douglas Coutinho recebeu bola escorada na entrada da área e mandou uma bomba para fora. O Brusque respondeu no minuto seguinte. Alex Sandro disparou um balaço de longe, com efeito, e a bola atingiu o lado de fora da rede, à direita do goleiro Matheus Nogueira.

 

Aos 10, o LEC chegou bem novamente. Samuel cruzou, Douglas Coutinho cabeceou e Ruan Carneiro caiu bem para encaixar.

 

O quadricolor perdeu excelente chance aos 14. Em boa jogada pela esquerda, Airton fez o passe para Júnior Todinho, sozinho na grande área. Ele chutou mal, rasteiro, e Matheus Nogueira fez sua primeira grande intervenção no jogo. Logo depois, em bom contragolpe, Caprini atirou de fora da área e forçou Ruan Carneiro a fazer boa defesa para escanteio.

 

Susto

 

O meio do primeiro tempo foi de queda de ritmo e menos chances claras das duas equipes. Mas aos 23, Ruan Carneiro saiu do gol rumo à direita de defesa para afastar a bola. Ele chutou errado e a bola caiu nos pés de Felipe Vieira. O lateral-esquerdo viu o gol aberto e bateu colocado, de longe, mas a bola saiu próxima, à esquerda do gol.

 

Gol do Londrina

 

Enquanto o Brusque tinha mais posse de bola, o Londrina chegava com mais perigo. Aos 26, Luiz Antônio errou passe no meio, os anfitriões atacaram rápido e Mossoró recebeu, avançou à meia-lua e encheu o pé, mas isolou.

 

Aos 31, em jogada pela esquerda, Felipe Vieira fez um cruzamento. A bola ainda resvalou em Bruno Aguiar, mas chegou em Douglas Coutinho, livre e com gol aberto, que completou para balançar as redes. O assistente ainda anulou o gol, mas o VAR corrigiu o erro e confirmou: Londrina 1×0 Brusque.

 

Outro pênalti perdido

 

O Brusque esteve muito perto do gol aos 43 do primeiro tempo. Diego Jardel fez um passe magistral para Airton, na esquerda. O lateral cruzou para Alex Sandro, que cabeceou muito bem. Contudo, a bola quicou na pequena área, bateu no travessão e voltou. Na sobra, Luiz Antônio tentou o domínio e a bola bateu na mão de João Paulo. Pênalti.

 

Alex Sandro foi para a cobrança. Ele já havia convertido dois no Campeonato Catarinense, contra Chapecoense e Figueirense. Desta vez, perdeu. Cobrou fraco, no canto direito de Matheus Nogueira, que fez a defesa para escanteio.

 

Foi o terceiro pênalti perdido pelo Brusque no ano. Na terceira rodada da Série B, contra o Sampaio Corrêa, Zé Mateus desperdiçou. Na terceira rodada do Catarinense, contra o Hercílio Luz, foi Rodolfo Potiguar quem falhou a cobrança.

 

Sem reação

 

No intervalo, Jailson e Balotelli substituíram Luiz Antônio e Felipe Manoel, respectivamente, mas o Brusque não chegava nem perto do gol adversário. O Londrina conseguia controlar bem o ritmo de jogo e não passava sufoco. Quando Brusque conseguia chegar próximo à área, não encontrava espaço algum para progredir.

 

Aos 10 minutos, Mossoró recebeu boa bola de Caprini e chutou forte, sem ângulo. A bola foi para fora, mas foi marcado escanteio. Na cobrança, Vilar cabeceou firme, mas para fora.

 

Agora sim

 

Em um ataque mais agudo do Brusque, aos 20, Jailson foi acionado pela direita e arrancou até a grande área, mas foi desequilibrado num contato com Saimon. Pênalti assinalado. E, desta vez, Diego Jardel foi para a cobrança e não desperdiçou. Cobrou no canto direito de Matheus Nogueira, que tentou voltar atrás na sua decisão de ir para o outro canto, mas não foi suficiente.

 

Desempate

 

No momento em que o Brusque esboçava, enfim, uma reação para a virada, o Londrina desempatou. Aos 28, Douglas Coutinho recebeu na entrada da área e escorou para Caprini, que soltou um torpedo de perna canhota e estufou as redes brusquenses, à esquerda de Ruan Carneiro.

 

O Brusque tentou uma resposta aos 33. Pará lançou na área e Alex Sandro, de peixinho, cabeceou por cima, mas já era marcado o impedimento.

 

Mau dia

 

Além do desperdício do primeiro pênalti, faltava uma pontinha de sorte para Alex Sandro. Aos 37, o Brusque foi para cima. Em cruzamento pela direita, Matheus Nogueira saiu catando borboleta e a bola chegou perto da segunda trave. Alex Sandro subiu mais que Samuel Santos e cabeceou. A bola quicou no gramado e atingiu a trave.

 

O quadricolor ainda pressionou nos minutos finais, mas não evitou a derrota.

 

Próximo jogo

 

O Brusque enfrenta o Tombense no estádio Augusto Bauer às 19h desta sexta-feira, 20. O Londrina visita o CRB no estádio Rei Pelé, em Maceió, às 21h30 desta quarta-feira (18).


Londrina 2×1 Brusque

 

Campeonato Brasileiro – Série B
7ª rodada
Sábado, 14 de maio de 2022
Estádio do Café, Londrina (PR)

 

Londrina: Matheus Nogueira; Samuel Santos, Vilar, Saimon, Felipe Vieira (Eltinho); João Paulo, Marcinho (Mandaca); Gegê (Alan Ruschel), Mossoró (Mirandinha), Caprini (Watson); Douglas Coutinho.
Técnico: Adílson Batista

 

Brusque: Ruan Carneiro; Pará (Toty), Wallace, Bruno Aguiar, Airton (Alex Ruan); Zé Mateus, Felipe Manoel (Balotelli), Luiz Antônio (Jailson); Diego Jardel; Júnior Todinho (Kaio Nunes) e Alex Sandro.
Técnico: Waguinho Dias

 

Trio de arbitragem (MS): Paulo Henrique Schleich Vollkopf, auxiliado por Eduardo Gonçalves da Cruz e Marcos dos Santos Brito.

 

Árbitro de vídeo (RN): Caio Max Augusto Vieira.

 

Gol: Douglas Coutinho e Caprini; Diego Jardel.

 

Cartões amarelos: Samuel Santos e Ciro (aux. téc do Londrina); Zé Mateus e Balotelli.

 

Fonte: João Vitor Roberge / O Município
Anderle Telhas e Acessórios