Rui Car
11/08/2022 11h52

Em jogo com fim “maluco”, Chapecoense empata com o Novorizontino na Série B

Verdão perdia até os 45 minutos do segundo tempo, quando o estreante Thomás deixou tudo igual

Assistência Familiar Alto Vale
Foto: Julia Galvão / Chapecoense

Foto: Julia Galvão / Chapecoense

Delta Ativa

Em jogo com pênalti perdido e final alucinante, a Chapecoense amargou mais uma partida sem vencer em casa nesta Série B do Campeonato Brasileiro. A equipe catarinense empatou em 2 a 2 com o Novorizontino na noite desta quarta-feira (10) em duelo válido pela 23ª rodada da competição.

 

Ronaldo, ex-Avaí, abriu o placar para os paulistas e Alisson, em linda jogada, deixou tudo igual no primeiro tempo. Já na reta final, Quirino colocou os paulistas na frente e Thomás, nos acréscimos, deixou tudo igual.

 

Com o resultado, o Verdão chega aos 25 pontos na 15ª posição. Já o Novorizontino é o 13º, com 28.

 

O jogo

 

A partida começou eletrizante, com o Novorizontino abrindo o placar logo no primeiro minuto. Rômulo achou ótimo passe para o camisa 9 bater de primeira e colocar a equipe paulista na frente.

 

Cinco minutos depois, o árbitro marcou pênalti para a Chapecoense. No entanto, Felipe Ferreira acabou acertando a trave.

 

Apesar do pênalti perdido, o Verdão seguiu pressionando e conseguiu o empate aos 27′. Alisson recebeu dentro da área, deixou o zagueiro no chão e deslocou Frigeri para deixar tudo igual na Arena Condá.

 

Antes do intervalo quase veio a virada. Após cobrança de falta, Frigeri saiu mal do gol, Victor Ramos ajeitou para Jonathan, que chutou travado e perdeu uma chance incrível.

 

Segundo tempo

 

A segunda etapa da partida reservou todas as emoções para os minutos finais. Num todo, o Verdão tinha mais a bola e tentava pressionar a equipe rival, enquanto os paulistas apostavam em contra-ataques para tentar matar a partida.

 

E dessa forma o Novorizontino quase conseguiu marcar aos 19′. Vinícius Leite recebeu dentro da área e demorou demais para definir a jogada, perdendo grande chance.

 

Emoção no fim

 

Quando o 1 a 1 parecia definido, o atacante Diego Quirino, que havia acabado de entrar, resolveu colocar uma pitada de emoção no duelo.

 

Aos 43 minutos, o jogador recebeu cruzamento nas costas do zagueiro Léo e colocou a equipe paulista na frente.

 

Porém, não deu nem tempo para o Novorizontino comemorar e a Chapecoense empatou. Léo achou lindo passe para Thomás, que dominou e bateu no canto de Frigeri para deixar tudo igual.

 

Nos acréscimos ainda houve tempo para Paulinho acertar a trave e quase dar a vitória aos paulistas.

 

FICHA TÉCNICA:

 

Chapecoense 2×2 Novorizontino – 23ª rodada da Série B do Campeonato Brasileiro

 

CHAPECOENSE: Saulo; Ronei, Léo, Victor Ramos e Kevin; Matheus Bianqui (Marcelo Freitas), Darlan (Lima), Felipe Ferreira (Chrystian), Claudinho (Thomás) e Alisson; Jonathan (Willian Popp). Técnico: Marcelo Cabo

 

NOVORIZONTINO: Lucas Frigeri; Wálber (Hélio), Rodolfo Filemon, Ligger e Paulinho; Jhony Douglas, Barba e Vinícius Leite (Willean Lepo); Douglas Baggio (Cléo Silva), Ronaldo e Rômulo (Quirino). Técnico: Rafael Guanaes

 

Gols: Ronaldo (NOV) a 1 minuto do 1º tempo, Alisson (CHA) aos 27 minutos do 1º tempo, Diego Quirino (NOV) aos 43 minutos do 2º tempo e Thomás (CHA) aos 45 minutos do 2º tempo

 

Cartões amarelos: Léo (CHA), Victor Ramos (CHA) e Matheus Bianqui (CHA); Ligger (NOV) e Ronaldo (NOV)

 

Público e renda: 1.958 torcedores para uma renda de R$ 44.610

 

Local: Arena Condá, em Chapecó

 
Fonte: ND+
Anderle Telhas e Acessórios