Rui Car
10/09/2022 08h50

Londrina x Chapecoense duelam com objetivos opostos nesta Série B

Gilmar Dal Pozzo aproveitou a semana livre não só para trabalhar variações na Chapecoense, mas também para estudar o Tubarão do Paraná

Assistência Familiar Alto Vale
Foto: Tiago Meneghini / Chapecoense

Foto: Tiago Meneghini / Chapecoense

Delta Ativa

Londrina e Chapecoense jogam, no começo da noite deste sábado (10), no estádio do Café, em Londrina (PR). O duelo vale pela 29ª rodada da Série B e coloca equipes com objetivos opostos, frente a frente, na tabela de classificação.

 

Gilmar Dal Pozzo aproveitou a semana livre não só para trabalhar variações na Chapecoense, mas também para estudar o Tubarão do Paraná.

 

O treinador alviverde alertou para a transição rápida do Londrina mesmo atuando como mandante e pediu “concentração” para seus comandados justamente quando estiverem com a bola nos pés, para não dar contra-ataque ao adversário.

 

Tivemos o cuidado de analisar o adversário durante a semana. O Londrina quase que 50% dos gols mesmo jogando em casa é em transição ofensiva. O Londrina faz uma marcação média e baixa, porque ele tem jogadores rápidos para essa transição. Vamos ter que ter muito equilíbrio e cuidado quando a gente tiver a posse de bola para não dar contra-ataque”, disse Dal Pozzo.

 

Sobre o time, o treinador não pretende fazer mudanças em relação a formação que entrou em campo na vitória sobre a Ponte Preta, por 3 a 0, na última rodada. A boa notícia é o retorno do volante Matheus Bianqui após cumprir suspensão automática.

 

Na 14ª colocação, a Chapecoense tem 32 pontos e aumenta a distância para a zona de rebaixamento em caso de vitória.

 

A Chapecoense deve ir a campo com: Saulo; Maílton, Frazan, Victor Ramos e Fernando; Pablo Oliveira, Betinho (Matheus Bianqui) e Marcelo Freitas; Chrystian, Popp e Alisson Farias.

 

Londrina

 

O Londrina vem embalado de duas vitórias consecutivas no campeonato. Volta a jogar em casa após uma rodada, e no último jogo do Estádio do Café, deixou boa lembrança para o torcedor, com a vitória de 1 a 0 contra o CRB. O Tubarão está a quatro pontos do Vasco, que abre o G-4. Uma vitória contra a Chapecoense, significa encostar no time cruz-maltino, caso também os cariocas não pontuem com o Grêmio.

 

O time de Adilson Batista, apesar da boa fase, deve ter mudanças para encarar a Chapecoense.

 

Em treino realizado na última quarta-feira, o técnico Adilson Batista indicou a entrada do atacante Gabriel Santos no time titular. Quem perde uma vaga é o volante Mandaca.

 

O lateral-esquerdo Alan Ruschel fez um trabalho separado na semana, mas deve ir para o jogo. Ele foi vetado por um desconforto muscular contra o Operário-PR, no último sábado. Já o zagueiro Vilar, com dores musculares, não participou do treino, mas inicialmente não preocupa.

 

O provável time é Matheus Nogueira; Jeferson, Saimon, Vilar e Alan Ruschel; João Paulo, Gegê, Caprini e Leandrinho; Gabriel Santos e Douglas Coutinho.

 

FICHA TÉCNICA

 

Londrina: Matheus Nogueira; Jeferson, Saimon, Vilar e Alan Ruschel; João Paulo, Gegê, Caprini e Leandrinho; Gabriel Santos e Douglas Coutinho. Técnico: Adilson Batista.

 

Chapecoense: Saulo; Maílton, Frazan, Victor Ramos e Fernando; Pablo Oliveira, Betinho (Matheus Bianqui) e Marcelo Freitas; Chrystian, Popp e Alisson Farias.

 

Local: estádio do Café, em Londrina (PR). Data: 10/09/2022. Hora: 18h30.

 

Arbitragem: Marielson Alves Silva (BA); auxiliado por José Carlos Oliveira dos Santos (BA) e Daniella Coutinho Pinto (BA). O VAR estará aos cuidados de: José Cláudio Rocha Filho (VAR/FIFA/SP)

 

*Colaborou Estadão Conteúdo

 

Fonte: ND+
Anderle Telhas e Acessórios