Rui Car
31/08/2022 17h18 - Atualizado em 31/08/2022 17h23

Caminhoneiro de SC é feito de refém e fica quase 24 horas amarrado

Tobias Trevisan foi localizado na manhã desta quarta-feira (31); ele é de Iporã do Oeste, no Oeste do Estado

Assistência Familiar Alto Vale
Caminhoneiro de SC é feito de refém e fica quase 24 horas amarrado Foto:Divulgação
Delta Ativa

O caminhoneiro Tobias Trevisan, morador de Iporã do Oeste, no Oeste de Santa Catarina, foi encontrado amarrado, na manhã desta quarta-feira (31), em Umuarama, no Paraná. Ele estava desaparecido e a família buscava pelo paradeiro do homem.

 

Depois de ser encontrado, foi levado para a delegacia de Polícia Civil de Umuarama, para prestar depoimento. Tobias e outro caminhoneiro teriam sido atraídos para uma armadilha, por meio de um aplicativo de frente e tiveram seus veículos furtados. A outra vítima era de Francisco Beltrão, no Paraná. A Polícia Civil investiga o caso.

 

 

Os caminhoneiros foram feitos de reféns pelos ladrões, que entraram nas contas bancárias das vítimas. Transferências via PIX foram feitas e os homens foram ameaçados de morte e forçados a ligar para as agências bancárias para confirmar a movimentação do dinheiro. Cerca de R$ 13 mil foram roubados.

 

 

As vítimas tiveram os pés e mãos amarrados e foram levados para uma estrada. Apenas na manhã desta quarta-feira, depois de quase 24 horas, conseguiram se soltar e pedir socorro à PM (Polícia Militar). 

 

 

Conforme informações da polícia, um dos caminhões tem rastreador e teve a localização indicada em Mundo Novo, no Mato Grosso do Sul. A polícia ainda acredita que o veículo tenha sido levado para o Paraguai. Até o momento não há informações sobre a localização do outro caminhão.

 
Fonte: ND+
Anderle Telhas e Acessórios