Rui Car
29/08/2022 18h23

Campanha contra a Poliomielite em SC tem a maior cobertura vacinal do país

Santa Catarina é o estado brasileiro com a maior cobertura vacinal do país.

Assistência Familiar Alto Vale
Foto: Marcos Porto / Prefeitura de Itajaí Foto:Divulgação

Foto: Marcos Porto / Prefeitura de Itajaí

Delta Ativa

Após pouco mais de duas semanas do início da Campanha de Vacinação contra a Poliomielite, Santa Catarina é o estado brasileiro com a maior cobertura vacinal do país.

 

No entanto, mesmo com esse índice, a vacinação ainda deixa a desejar. Desde o começo da Campanha, 9 de agosto, até esta quinta-feira, 25, foram vacinadas 119.324 crianças entre um e quatro anos, de um total de 391.034, uma cobertura vacinal de 30,51%, bem longe da meta, que é de 95%.

 

 

Atrás de Santa Catarina estão os estados de Minas Gerais, com cobertura vacinal de 29,85%; e Pernambuco, com 28,53%.

 

Os dados são do Painel da Campanha Nacional de Vacinação contra Poliomielite, do Ministério da Saúde, atualizados às 13h30, e podem ser consultados em tempo real, no link: https://infoms.saude.gov.br/extensions/Poliomielite_2022/Poliomielite_2022.html

 

A Secretaria da Saúde atribui o bom desempenho, ainda que com a cobertura longe do ideal, ao trabalho conjunto realizado entre estado e municípios na conscientização de pais e responsáveis da importância de manter a caderneta atualizada e também na criação de oportunidades de vacinação como a ampliação dos horários de funcionamento das salas de imunização; a abertura dos postos aos sábados; a não obrigatoriedade da apresentação do comprovante de residência; a verificação da situação vacinal da criança toda vez que for a uma unidade de saúde, mesmo que seja para consultas; e o uso do ambiente escolar para a conscientização dos responsáveis.

 

“Estamos à frente na cobertura vacinal, mas isso não quer dizer que estamos confortáveis com a situação. Ainda temos muitas crianças não vacinadas e precisamos alcançar, até o fim da Campanha, em 9 de setembro, ao menos 95% dessa população. Só com essa cobertura poderemos ter a certeza de que as crianças estarão protegidas da paralisia infantil”, esclareceu o diretor da Dive, João Augusto Brancher Fuck.

 

Campanha Quem ama, vacina!

 

Começou a ser veiculada nesta quinta-feira, 25, na TV, no rádio e nas mídias sociais, a Campanha Quem ama, vacina!, mais uma ferramenta para conscientizar a população sobre a importância da vacinação. A mensagem repassada é de que vacinar é um ato de amor, já que evita doenças, hospitalizações e mortes.

 

Campanha contra Poliomielite e de Multivacinação

 

A Campanha de Vacinação contra a Poliomielite ocorre simultaneamente à de Multivacinação para atualizar a caderneta de crianças e adolescentes até 14 anos.

 

Contra a Poliomielite, a indicação é vacinar, de forma indiscriminada, crianças de 1 ano a menores de 5 anos (4 anos, 11 meses e 29 dias) com a Vacina Oral Poliomielite (VOP), desde que já tenham recebido as três doses da Vacina Inativada Poliomielite (VIP) do esquema básico.

 

Já na Multivacinação são oferecidas para crianças e adolescentes menores de 15 anos (14 anos, 11 meses e 29 dias) todas as vacinas do Calendário Nacional de Vacinação. São 17 tipos que protegem contra mais de 20 doenças como sarampo, meningite, caxumba e coqueluche.

 

Nesta Campanha, as doses são recomendadas para todos que, por algum motivo, deixaram de tomar as vacinas ou estão com esquemas vacinais incompletos. Importante ressaltar que a cobertura desejada é de 95%, exceto para a do rotavírus e a BCG, que é de 90%.

 

Fonte:Clicsc
Anderle Telhas e Acessórios