22/06/2022 15h43

Em Brasília, Fórum Parlamentar Catarinense discute situação de ponte na BR-470, em Pouso Redondo

Urgência na BR-470 e ponte em Ibirama também foram pautas do encontro

Assistência Familiar Alto Vale
Foto: Divulgação / DNIT

Foto: Divulgação / DNIT

Delta Ativa

Em reunião do Fórum Parlamentar Catarinense, nesta terça-feira (21),  o deputado federal Rogério Peninha Mendonça (MDB) levou ao atual ministro da Infraestrutura, Marcelo Sampaio, a situação da BR-470. Além de pedir urgência nas obras de duplicação e manutenção, a pauta foi a ponte de Pouso Redondo e a ponte entre Ibirama e Apiúna.

 

A 470 é um dos mais importantes eixos econômicos e sociais de Santa Catarina e até mesmo do Brasil. Eu mesmo utilizo a rodovia praticamente toda semana e realmente é muito urgente a situação das melhorias”, enfatizou.

 

O deputado estadual Jerry Comper (MDB) e o chefe de gabinete do deputado Peninha, Rafael Pezenti, que acompanham a situação da BR-470, também iriam a Brasília para participar da audiência e levar as demandas da região, mas devido a compromissos no Estado foram representados pela prefeita Geovana Gessner, de Trombudo Central.

 

Além do deputado Jerry, o chefe de gabinete do deputado Peninha, Rafael Pezenti, tem conversado com a comunidade e com o DNIT para buscar soluções para melhorar as condições de tráfego da rodovia.

 

Foto: Divulgação

 

Pontes no Alto Vale do Itajaí

 

O deputado Peninha tratou a respeito de duas pontes situadas no Alto Vale. Uma delas, no km 113, entre Ibirama e Apiúna, apresenta a estrutura comprometida e há risco de desabamento. “São fissuras assustadoras, é urgente a situação”, apontou o deputado.  Em novembro passado, o DNIT lançou a segunda licitação para a obra de recuperação, mas ela foi fracassada. Segundo o ministro, estão sendo feitos ajustes no projeto para permitir o processo licitatório.

 

Foto: Divulgação

 

Já a outra ponte está localizada sobre o Rio das Pombas, em Pouso Redondo. Em abril deste ano a ponte foi interditada devido a rachaduras. Em caráter emergencial, o Exército construiu uma estrutura de metal. “O medo da comunidade é que a estrutura construída pelo Exército passe de provisória a permanente”, afirmou Peninha. O ministro Sampaio garantiu que a construção da nova ponte será iniciada “imediatamente”.

 

Foto: DNIT / Divulgação

 

Fonte: Assessoria do Deputado Peninha / Visor Notícias
Anderle Telhas e Acessórios