Rui Car
06/09/2022 09h55

Escola Cívico-Militar de Rio do Sul inicia atividades nesta terça-feira

Programa de ensino começa após entrega oficial da reforma do Centro Educacional Roberto Machado, no Progresso

Assistência Familiar Alto Vale
Foto: Divulgação / Prefeitura de Rio do Sul

Foto: Divulgação / Prefeitura de Rio do Sul

Delta Ativa

Será entregue nesta terça-feira (06), a reforma e ampliação do Centro Educacional Roberto Machado, no Bairro Progresso, em Rio do Sul. A cerimônia está marcada para as 19h na unidade, marcando ainda o início das atividades da primeira Escola Cívico-Militar do município e do Alto Vale do Itajaí.

 

Com investimento de R$ 1,7 milhão na obra de reforma e ampliação por parte da Secretaria de Educação, a escola terá capacidade para mais de 800 estudantes no ensino fundamental, tendo três blocos, contando com 14 salas de aula, sala de informática, sala dos professores e áreas recreativas. O espaço também recebeu 80 painéis solares para geração de energia fotovoltaica, que já estão em funcionamento.

 

O prefeito de Rio do Sul, José Thomé, explicou que a conclusão da obra e implantação do novo projeto de educação é um sonho se tornando realidade: “Este projeto é uma inovação e estamos muito felizes por ter chegado o momento de iniciar a escola Cívico-Militar. Teremos grande prazer em receber a comunidade escolar para conhecer o projeto”, destacou Thomé.

 

Conceito de Escola Cívico-Militar

 

A Escola Cívico-Militar é um programa do Governo Federal que promove a preparação para o exercício da cidadania, liberdade de aprender e ensinar, valorização dos profissionais da escola, busca permanente pela melhoria da qualidade e participação ativa da família.

 

Além disso, desenvolve ainda mais as atitudes crítico-reflexivas, o espírito investigativo, a criatividade, a curiosidade, a imaginação e a iniciativa, conduzindo o estudante a aprender e a buscar soluções para os problemas da vida cotidiana.

 

E também valorizar as manifestações artísticas, culturais e esportivas, não apenas como espectadores, mas também como participantes e disseminadores delas. Tudo isso, tornando fortes e corajosas as relações interpessoais, sempre baseadas em princípios éticos, democráticos, inclusivos e solidários, com atitudes, valores e hábitos saudáveis à vida em sociedade.

 

Fonte: Clóvis Eduardo Cuco / Prefeitura de Rio do Sul
Anderle Telhas e Acessórios