Rui Car
17/01/2023 08h40 - Atualizado em 17/01/2023 14h42

FOTOS: Cabeça d’água deixa rastro de destruição no interior de Taió

Comunidade de Laranjeiras foi fortemente atingida pelo fenômeno

Assistência Familiar Alto Vale
Fotos: Divulgação / Defesa Civil de Taió

Fotos: Divulgação / Defesa Civil de Taió

Delta Ativa

A comunidade de Laranjeiras, no interior de Taió, foi fortemente atingida por uma cabeça d’água no início da madrugada desta terça-feira (17). Segundo a Defesa Civil municipal, a localidade ficou alagada, inclusive com a água adentrando algumas residências.

 

Pode ser uma imagem de corpo d'água e texto

 

Jonata Retke, Diretor do Departamento de Defesa Civil de Taió, ainda detalha que diversas pontes e pontilhões foram arrancadados e deslizamentos de terra foram registrados em diversos pontos da comunidade. A equipe da Defesa Civil foi até a área atingida durante a madrugada, mas como o nível de água sob a pista era muito alto, não foi possível chegar aos pontos mais danificados.

 

Pode ser uma imagem de ao ar livre

 

A Secretaria de Obras de Taió, com apoio da equipe do Passo Manso, está no local auxiliando nos trabalhos e fazendo os levantamentos dos estragos.

 

Pode ser uma imagem de ao ar livre e texto

 

Não houve nenhuma vítima. A Serra do Corisco está interditada e ainda há água em algumas estradas nesta terça.

 

Pode ser uma imagem de grama e árvore

 

Filmagens feitas por moradores dão noção do estrago causado no local:

 

 

 

O prefeito de Taió, Horst Alexandre Purnhagen, falou sobre os trabalhos no local:

 

 

Entenda o que é cabeça d’água

 

Diferente do fenômeno conhecido como tromba d’água, que é um tornado que acontece tanto na água salgada quanto na água doce, a cabeça d’água acontece depois de uma chuva forte que aumenta o nível do rio e provoca enxurrada por conta do fluxo de água.

 

Fonte: Rádio Educadora 90,3 FM
Anuncie Aqui