Rui Car
04/11/2022 14h07

Gatos são mortos por envenenamento na Vila Mariana, em Taió

Casos acontecem com frequência no município

Assistência Familiar Alto Vale
Imagem ilustrativa (Foto: Divulgação)

Imagem ilustrativa (Foto: Divulgação)

Delta Ativa

A Rádio Educadora recebeu na tarde desta sexta-feira (04) mais uma denúncia por mortes de gatos por envenenamento no município. Desta vez o caso registrado aconteceu na Rua Guilherme Lenzi, no Bairro Vila Mariana.

 

Somente nesta sexta, quatro felinos foram encontrados sem vida. Segundo a denunciante, os animais são tanto domésticos quanto de rua. Ainda, segundo ela, os casos acontecem com frequência no bairro.

 

É bom lembrar que envenenar animais é crime e dá cadeia (artigo 32 da Lei dos Crimes Am­bientais n° 9.605/98), mas pessoas intolerantes e criminosas, agem de forma covarde: escondem a substância letal, normalmente o veneno conhecido como chumbinho, dentro de algum petisco saboroso deixado no caminho por on­de bichos costumam passar. Quem está cometendo tal ato, está infringindo várias Leis.

 

Mas não é só quem coloca a sustância letal no petisco que comete crime. A venda do chumbinho é classificada como crime contra a saúde pública e está prevista no Artigo 274 do Código Penal Brasileiro, que prevê ao infrator pena de 10 a 15 anos de prisão, além de aplicação de multa.

 

Quem comercializa e compra chumbinho é desprovido de qualquer sentimento de ética e compaixão. Comprar substância de venda ilegal também é crime, uma contravenção. Além do mais existem muitos produtos no mercado para controle de pragas. Quem compra chum­binho só pode estar muito mal intencionado.

 

A recomendação é denunciar quem envenena e quem comer­cializa chumbinho! 

 

Registrar Boletim de Ocorrência junto à Polícia Civil também é um meio para ajudar nas buscas pelos culpados.

 

Fonte: Rádio Educadora 90,3 FM / iFolha
Anderle Telhas e Acessórios