Rui Car
10/01/2023 09h15 - Atualizado em 11/01/2023 10h42

Inflação sobe em dezembro e fecha 2022 em 5,79%

IPCA foi divulgado nesta manhã pelo IBGE

Assistência Familiar Alto Vale
Foto: Marcello Casal Jr. / Agência Brasil

Foto: Marcello Casal Jr. / Agência Brasil

Delta Ativa

A inflação oficial de novembro ficou 0,62%, maior do que a registrada em novembro, de 0,41%, de acordo com o dado divulgado nesta terça-feira (10), pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

 

Assim, o último ano do governo de Jair Bolsonaro (PL) fecha com o índice oficial da inflação, o IPCA (Índice de Preços ao Consumidor Amplo), em 5,79, maior do que a expectativa do mercado de 5,6%.

 

Em 2021, a inflação acumulada foi de 10,06%. Neste ano, o IPCA foi o menor desde 2020, que fechou com taxa de 4,52%

 

O resultado do IPCA em 2022 também ficou acima da meta inflacionária estabelecida pelo Banco Central (BC) de 3,5%, com margem de tolerância de 1,5 ponto porcentual para mais ou para menos, ou seja, de até 5%.

 

O IBGE calcula a inflação oficial brasileira com base nos produtos consumidos pelas famílias com rendimento de um a 40 salários mínimos, abrangendo dez regiões metropolitanas, além dos municípios de Goiânia, Campo Grande, Rio Branco, São Luís, Aracaju e de Brasília.

 

Todos os grupos de produtos e serviços pesquisados tiveram alta em dezembro, e o grupo de despesas Saúde e cuidados pessoais teve a maior variação, de 1,60%, seguido do grupo de vestuário, com alta de 1,52%.

 

Os alimentos e bebidas tiveram alta de 0,66%, os transportes, de 0,21% e habitação, 0,20%.

 

Fonte: Revista Oeste
Anuncie Aqui