Rui Car
15/09/2022 14h39

Policiais militares do Alto Vale participam de palestra sobre prevenção ao suicídio

Encontro aconteceu nesta quarta-feira (14), em Rio do Sul

Assistência Familiar Alto Vale
Foto: Divulgação / CBMSC

Foto: Divulgação / CBMSC

Delta Ativa

Policiais lotados no 13º Batalhão de Polícia Militar participaram no início da tarde desta quarta-feira (14), em Rio do Sul, de uma palestra com o propósito de despertar atenção e contribuir para uma maior conscientização sobre questões relacionadas à prevenção ao suicídio.

 

As causas dos suicídios são variadas e, segundo especialistas, transtornos mentais quase sempre estão relacionados em grande parte das pessoas que se suicidam ou que tentam cometê-lo. Dentre os principais transtornos observados, destacam-se a depressão na forma simples, a depressão na forma bipolar, a dependência química e a esquizofrenia.

 

Entretanto, não podemos afirmar que todas as pessoas que cometem suicídio apresentam esses transtornos. Não podemos esquecer de que, muitas vezes, o suicídio acontece de maneira impulsiva, diante de algumas situações muito impactantes e inesperadas da vida, como o fim de relacionamentos, perda de pessoas queridas, abusos sexuais ou mesmo crises financeiras.

 

Setembro Amarelo

 

A campanha Setembro Amarelo teve início no Brasil, em 2015, e visa conscientizar o maior número possível de pessoas sobre questões relacionadas ao suicídio, bem como reforçar as sinais indicativos que podem ser percebidos por pessoas próximas. É no dia 10 desse mês que se comemora o Dia Mundial de Prevenção ao Suicídio. Segundo a Organização Mundial de Saúde (OMS), 32 pessoas se suicidam por dia no Brasil, o que significa que o suicídio mata mais brasileiros do que algumas potencialmente doenças graves já conhecidas.

 

Fonte: 13° Batalhão de Polícia Militar
Anderle Telhas e Acessórios