Rui Car
14/01/2023 11h10

Preços dos fertilizantes chegam ao menor valor de 2022 em dezembro

Agricultores do Brasil conseguiram recordes de safra e receitas

Assistência Familiar Alto Vale
Foto: Divulgação / CNA

Foto: Divulgação / CNA

Delta Ativa

No mês de dezembro, os preços médios cobrados por tonelada de fertilizantes importados pelo Brasil chegaram ao menor nível de 2022: cerca de US$ 460. O custo para adquirir o insumo vital para agricultura disparou em meio à invasão russa à Ucrânia, que teve início no fim de fevereiro do ano passado.

 

Em janeiro do ano passado, o preço médio cobrado por tonelada de fertilizantes importada ficou em praticamente US$ 500. O levantamento feito pela Revista Oeste em dados do governo federal mostra que o valor chegou ao pico do ano no mês de junho: US$ 800, aproximadamente.

 

As sanções impostas aos russos em razão da guerra ameaçavam o suprimento desse insumo fundamental ao Brasil. A Rússia está entre os grandes fornecedores dos agricultores brasileiros, que dependem das importações para impulsionar a produção.

 

A eventual falta do insumo, portanto, traria quebras de safras, causando prejuízos ao agronegócio — um setor-chave para a economia nacional. Quase metade das exportações do Brasil, por exemplo, está ligado a esse segmento.

 

Com a iminência da crise, Tereza Cristina, então ministra da Agricultura, e Jair Bolsonaro, ex-presidente da República, deram início a uma campanha internacional para evitar o desabastecimento brasileiro.

 

Tereza Cristina visitou pessoalmente fabricantes de fertilizantes em países como Canadá e Irã, para ampliar as fontes de suprimentos. A estratégia do governo federal gerou frutos. A partir de junho, o preço por tonelada de fertilizantes importados começou a cair, mantendo-se em queda constante desde então.

 

Por fim, a produção agrícola nacional não foi comprometida. O Brasil encerrou 2022 com safra de grãos e faturamento com exportações do agronegócio recordes — além dos preços dos fertilizantes importados em queda.

 

Fonte: Artur Piva / Revista Oeste
Anuncie Aqui