Rui Car
04/12/2022 15h02

“Twitter beneficiou a esquerda nas eleições brasileiras”, suspeita Musk

Novo dono da rede social disse que está analisando o caso

Assistência Familiar Alto Vale
Foto: Reprodução / TED

Foto: Reprodução / TED

Delta Ativa

O bilionário Elon Musk, novo proprietário do Twitter, suspeita que funcionários da rede social beneficiaram os políticos de esquerda nas eleições brasileiras. A informação foi divulgada pelo próprio empresário neste sábado (03).

 

 

Tenho visto muitos tuítes preocupantes sobre as recentes eleições no Brasil”, revelou Musk, em resposta ao jornalista australiano Avi Yemini. “Se esses tuítes forem precisos, é possível que o pessoal do Twitter tenha dado preferência a candidatos de esquerda”.

 

Recentemente, o bilionário anunciou uma série de medidas para tornar a plataforma mais confiável. Na semana passada, por exemplo, Musk disse estar disposto a abrir a caixa-preta do Twitter. Os arquivos da big tech sobre “supressão da liberdade de expressão” serão publicados em breve, prometeu o empresário. “O público merece saber o que realmente aconteceu”.

 

Na sexta-feira (02), Musk anunciou que vai revelar como o Twitter “suprimiu” a história do laptop de Hunter Biden, filho do presidente dos Estados Unidos, durante as eleições de 2020.

 

 

Há dois anos, o jornal norte-americano New York Post publicou uma notícia em que acusava Hunter, o filho mais velho do então candidato à Presidência Joe Biden, de corrupção em negócios no exterior. Na época, o jornal foi censurado pelo Twitter. A plataforma acusou o New York Post de “propagação de fake news”, e as páginas do periódico foram derrubadas. Usuários que tentaram comentar o assunto tiveram suas contas censuradas.

 

Fonte: Edilson Salgueiro / Revista Oeste
Anuncie Aqui