Rui Car
02/06/2022 15h38

Aos 22 anos, cadela fã de pizza e música country é eleita a mais a velha do mundo

Cachorrinha Pebbles da raça Toy Fox Terrier mora com os donos na Carolina do Sul, nos Estados Unidos

Assistência Familiar Alto Vale
Foto: Reprodução / Instagram

Foto: Reprodução / Instagram

Delta Ativa

O Guinness World Records, o Livro dos Recordes, reconheceu a cachorrinha Pebbles, da raça Toy Fox Terrier, oficialmente como a cadela mais velha do mundo.

 

Aos 22 anos, ela vive com seus donos, Bobby e Julie Gregory, na Carolina do Sul, nos Estados Unidos. A rotina do animal, que gosta de ouvir música country e comer pizza, é compartilhada nas redes sociais. As informações são do Metro World News.

 

A cachorrinha, que pesa pouco mais de 2 kg, nasceu no dia 28 de março de 2000. Segundo especialistas ouvidos pela Fox, em média, esses animais vivem entre 12 e 14 anos. Pebbles já ultrapassou essa meta em oito anos.

 

A família relatou na entrevista à Fox que decidiu revelar a idade de Pebbles depois que viu uma reportagem sobre o cão TobyKeith, nascido a 9 de janeiro de 2001, em Greenacres, na Florida.

 

Um cão Chihuahua com 21 anos e que no final do mês de abril tinha alcançado o título oficial do Livro dos Recordes do Guinness.

 

Bobby estava sentado no sofá e começou a receber mensagens e telefonemas sobre uma história que viram sobre um cão de 21 anos que ficou com o recorde. Quando vi a história de TobyKeith em todas as notícias, candidatei-me”, relatou Julie.

 

O Livro dos Recordes fez a devida análise sobre a vida da cachorrinha e ela obteve o prêmio de cadela mais velha do mundo.

 

Cachorrinha Pebbles – Foto: Reprodução/instagram/ND

Cachorrinha Pebbles (Foto: Reprodução / Instagram)

 

Após ficar “famosa” pelo título, a família contou que Pebbles é uma “coruja noturna”, já que gosta de dormir durante o dia e passa a noite acordada.

 

Além disso, ela é fã de fast food. “Ela adora pizza, hambúrgueres, tacos, comida para gatos e de ouvir música country”, contou a dona.

 

Para Julie, o segredo para a longa vida da cadelinha está nos cuidados que ela recebe: “Trate o seu animal de estimação como família porque eles são família. Proporcionar-lhes um ambiente feliz e positivo tanto quanto possível, assim como boa alimentação, higiene e cuidados médicos adequados”, disse a dona.

 

Fonte: ND+
Anderle Telhas e Acessórios