Rui Car
24/01/2022 11h54

Morador de SC colhe tomate gigante e fica a poucos gramas de bater o recorde mundial

Ex-prefeito de cidade no Planalto Norte catarinense chegou perto de bater o recorde, que foi alcançado em 2015, no Reino Unido

Assistência Familiar Alto Vale
O tomate colhido pelo ex-prefeito de Irineópolis, Wanderlei Lezan, passou perto de bater o recorde de fruto gigante (Foto: Epagri / Divulgação)

O tomate colhido pelo ex-prefeito de Irineópolis, Wanderlei Lezan, passou perto de bater o recorde de fruto gigante (Foto: Epagri / Divulgação)

Delta Ativa

Faltou pouco para Santa Catarina fazer história e bater o recorde de produção do maior tomate do mundo. Com um fruto de pouco mais de 1,2 Kg, o ex-prefeito de Irineópolis, no Planalto Norte, passou muito perto de desbancar a façanha conquistada por um produtor do Reino Unido, em 2015. De acordo com o portal Agrolink, o tomate colhido na Europa pesou 1,3 kg.

 

Na última semana, o ex-prefeito da cidade, Wanderlei Lezan passou perto de superar o recorde. Ele colheu um tomate de 1,228 Kg da horta do quintal de casa. O espaço é cultivado há anos e, de acordo com ele, é comum ter frutos gigantes em sua produção, mas nada tão grande como o tomate deste ano.

 

O extensionista da Epagri, Alex Caitan Skolaude, explica que a variedade do tomate colhido em Irineópolis é conhecida como coração de boi. “O solo corrigido, com altos níveis de nutrientes, também colabora para isso. Outro fator importante é a irrigação, que é feita naquela horta”, diz.

 

Tomate colhido em SC passou de 1,2 Kg – Foto: Epagri/Divulgação

Tomate colhido em SC passou de 1,2 Kg (Foto: Epagri / Divulgação)

O único aditivo usado por Wanderlei na horta é o pó de basalto, o que melhora as condições da produção, conta o extensionista. “Os minerais existentes na rocha são os mesmos encontrados em adubos químicos e servem para melhorar as condições nutritivas do solo”, explica.

 

Santa Catarina costuma surpreender com colheitas gigantes. Em agosto, um morador de Pinhalzinho se surpreendeu ao colher uma batata doce de um pé que se espalhou pelo terreno. O tubérculo pesou 11,6 Kg. Em Joinville, uma moradora colheu uma laranja de mais de 3 Kgjá teve jaca de 6 Kg, aipim de mais de 5,5 Kg e por aí vai. A terra catarinense é fértil e está a um passo de entrar para a lista de recordes.

 

Fonte: ND+
Anderle Telhas e Acessórios