Rui Car
21/07/2022 11h42

Netflix anuncia taxa extra por ponto; tire as dúvidas

Será necessário pagar uma taxa extra para cada endereço diferente que utilizar a conta

Assistência Familiar Alto Vale
Foto: Fernando Telles / TechTudo

Foto: Fernando Telles / TechTudo

Delta Ativa

A gigante do streaming Netflix acaba de anunciar que terá ampliação da taxa do ponto extra para países da América Latina. O Brasil, porém, não está entre aqueles que terão a cobrança adicional, pelo menos por enquanto. As informações são do Portal Metrópoles.

 

O recurso “adicionar lar”  pretende impedir o compartilhamento de senhas. Com ele, será necessário pagar uma taxa extra para cada endereço diferente que utilizar a conta. Aparelhos móveis não devem ser afetados.

 

Argentina, República Domicana, El Salvador, Guatemala e Honduras entraram para a lista nesta segunda-feira (18). Argentinos deverão pagar 219 pesos por ponto adicional, enquanto usuários dos demais países terão de desembolsar uma taxa de US$ 3.

 

Chile, Costa Rica e Peru têm um recurso semelhante desde março deste ano, mas que funciona a partir de usuários, e não de endereços. A cada integrante adicional na conta, é necessário pagar um adicional.

 

A disseminação do compartilhamento de contas mina, no longo prazo, a nossa habilidade de longo prazo de investir e melhor nosso serviço”, disse a empresa em nota oficial.

 

Em abril deste ano, a Netflix anunciou que perdeu 200 mil assinantes no primeiro trimestre.

 

Somado aos nossos 222 milhões de usuários pagos, nós acreditamos que a Netflix está sendo dividida com mais de 100 milhões de casas. A divisão de contas não mudou muito nos últimos anos, mas, junto a outros fatores, significa que está muito difícil crescer em alguns mercados”, afirmou a empresa na época.

 

Relatório financeiro

 

Outra notícia envolvendo a Netflix foi a divulgação do seu relatório financeiro do segundo trimestre de 2022. Houve perda de “apenas” 970 mil assinantes. Parece alarmante, mas é bem menos do que a queda de 2 milhões de contas pagantes projetada para o período. Além disso, a empresa prevê uma recuperação já para os próximos meses, publicou o site Tecnoblog.

 

A Netflix fechou o segundo trimestre com um crescimento de 9% em sua receita (US$ 7,97 bilhões), com 220,67 milhões de assinantes e com um lucro por ação na casa dos US$ 3,20 – que excedeu suas expectativas de US$ 3,00 para o período.

 
Fonte: ND+
Anderle Telhas e Acessórios