Rui Car
17/03/2022 09h16

Panos de louça produzidos por empreendedora de SC revolucionam mercado e ganham a internet

A combinação de desenhos vintage com frases divertidas já fez a criciumense vender mais de três mil itens para 14 Estados brasileiros

Assistência Familiar Alto Vale
Fotos: Divulgação

Fotos: Divulgação

Delta Ativa

Você provavelmente estava acostumado a ver apenas panos de prato com salmos ou temas festivos, como Páscoa ou Natal, mas uma empreendedora de Criciúma, no Sul catarinense, decidiu revolucionar esse mercado com muita criatividade e bom humor.

 

Formada em Administração de Empresas, Joanna de Bem lançou em junho de 2021 a Cozinha Surtada, uma marca de panos de prato que reúne desenhos vintage– já conhecidos nesses produtos – com frases divertidas e desmotivacionais, como “passando café para não passar raiva”.

 

É um item que todos temos na cozinha e por que não modernizá-lo? Por que não trazer uma diversão?  Por que a gente só usa eles com frases bíblicas e nem questiona o porquê daquilo. E aí veio a ideia de fazer esses panos de pratos com desenhos antigos que já tinham na casa das nossas mães e avós e a ironia dessas frases”, explica a empreendedora.

 

Com o slogan “panos que secam a louça na força do ódio”, a marca on-line se tornou um sucesso. Em menos de um ano de mercado, já vendeu mais de três mil itens, atendeu 600 pedidos e entregou para 14 Estados brasileiros. Também acumula mais de 3,7 mil seguidores na internet.

 

Sempre tive vontade de ter o meu próprio negócio e na pandemia como as pessoas mudaram muito os seus valores, começaram a ver a vida com uma outra perspectiva, eu também resolvi empreender e vi uma oportunidade nisso. Acabei montando a marca e criando um e-commerce. Foi tudo muito planejado”, comenta Joanna.

 

Produção e insight das frases

 

Atualmente, a administradora é responsável por comandar toda a produção dos panos de pratos da Cozinha Surtada, desde a confecção dos itens ao design final.

 

Os panos são 100% algodão - Divulgação/ND

 

Os desenhos vão para serigrafia, enquanto isso já são produzidos os panos de pratos. Tem toda essa parte da produção e depois passa por um controle de qualidade, onde reviso todos os panos para ver se está de acordo com o que eu quero entregar ao meu cliente. Tem a parte das fotos e por fim vai para o site”, revela Joanna.

 

Os itens podem ser encontrados no site da marca - Divulgação/ND

 

Ela também pensa nas frases para estampar os produtos. “É sempre bom ficar ligada no mundo, na internet, no meme brasileiro, que somos especialistas, e também em frases cotidianas, como quando a gente abre a geladeira e fala: ‘nunca tem nada para comer nessa casa”, brinca.

 

Além de desenhos vintage, contam com frases divertidas - Divulgação/ND

 

Mascote Chicken Bell faz sucesso

 

Mas Joanna não faz esse trabalho sozinha, ela conta com o apoio da mascote Chicken Bell, uma galinha icônica, debochada e 100% sensata, que é quem interage com os seguidores e clientes na internet.

 

No início da marca fizemos uma enquete para dar um nome a ela, que ainda não tinha. Acabou que deu super certo e teve uma repercussão bem legal. Agora, Chicken Bell está ali ‘humanizando’ a nossa marca”, conta.

 

Desafios de empreender

 

O segredo de Joanna para dar conta de tudo isso e também enfrentar os desafios de comandar um negócio é o bom humor.

 

Empreender no Brasil não é fácil e para as mulheres é um pouco mais difícil. Desde o início já sabia disso, então, iniciei e levo até hoje com muita naturalidade, me divertindo. Óbvio que tem todas as questões burocráticas e financeiras, mas eu tento levar com a maior leveza que me dê prazer”, diz.

 

 

 

Fonte: ND+
Anderle Telhas e Acessórios