Rui Car
10/09/2022 09h51 - Atualizado em 10/09/2022 09h53

Avaí faz jogo decisivo contra o Athletico-PR, finalista da Libertadores

Com jejum que dura oito jogos, Leão da Ilha precisa voltar a vencer urgentemente

Assistência Familiar Alto Vale
Foto: Leandro Boeira / Avaí

Foto: Leandro Boeira / Avaí

Delta Ativa

Avaí tem mais uma missão delicada nesta Série A, no próximo domingo (11), em jogo válido pela 26º rodada da competição. O Leão da Ilha recebe, em Florianópolis, o finalista da Copa Libertadores da América 2022, Athletico-PR, em duelo agendado para às 11h.

 

É vencer ou vencer. Se o Avaí realmente pretende ficar na Série A do Campeonato Brasileiro de 2023 ele precisa, urgentemente, voltar a vencer na competição. Com jejum que dura oito jogos desde o último triunfo, o Leão da Ilha despencou na tabela de classificação, afundou no Z4 e assim deve ficar caso não vença o Furacão do Paraná.

 

Em seus últimos manifestos, o técnico Eduardo Barroca vem insistindo na confiança no trabalho desenvolvido, além do apoio irrestrito do grupo de jogadores. Vladimir e Bruno Cortez, dois dos líderes do elenco azurra, falaram ao longo da semana da parcela de responsabilidade dos atletas diante do mau momento vivido pela equipe na Série A.

 

A gente sabe o que é a Série A para ter ciência da nossa responsabilidade e do nosso desafio. Sabemos que nos momentos de adversidade temos que estar todos juntos, direção, comissão técnica e jogadores, e encontrei isso aqui. Fidelidade, cobrança e trabalho extremo”, enalteceu Eduardo Barroca.

 

Avaí sem o artilheiro

 

Sem o artilheiro Guilherme Bissoli, que pertence à equipe paranaense, o badalado Paolo Guerrero deve receber mais uma chance na equipe titular.

 

Apresentado com grande festa da torcida no fim do mês de julho, o peruano ainda não marcou com a camisa do Leão da Ilha. Foram seis jogos até aqui, três como titular, 279 minutos em campo e um cartão amarelo recebido.

 

O técnico Eduardo Barroca, que vai com Paolo Guerrero no comando do ataque, tende a deixar sua estrutura de equipe semelhante a que empatou, na última semana, com o Juventude.

 

Eduardo Barroca deve mandar o Avaí com: Vladimir; Marcinho (Renato), Rafael Vaz, Raniele e Cortez; Bruno Silva, Sarará, Galdezani e Natanael; Pottker e Guerrero.

 

Reforço na arquibancada

 

Se dentro de campo a situação está delicada, nada mais justo e necessário que recorrer à massa azurra. Com uma média de público que fica fora do Z4 da Série A, o Avaí aposta no seu torcedor para empurrar a equipe rumo a um resultado positivo, diante do time do lendário Luiz Felipe Scolari.

 

O Avaí espera uma Ressacada “abarrotada” neste domingo. O clube fez uma promoção com ingressos a partir de R$ 20 para sócios, e a tendência é de mais de 10 mil pessoas na casa do Leão da Ilha neste domingo.

 

Athletico

 

Com nove jogos até a grande final da Copa Libertadores, em Guayaquil (EQU) o Athletico deve jogar com o que há de melhor, nesse momento, diante do Avaí.

 

O técnico Luiz Felipe Scolari já tinha sinalizado, ao final do duelo contra o Palmeiras, que o foco do Furacão será o campeonato brasileiro até o desfecho da competição continental.

 

A tendência é que jogadores mais desgastados fiquem de fora, mas via de regra, o time de Curitiba (PR) deve ir a campo com o que há de melhor, a disposição.

 

Onde acompanhar

 

O jogo terá transmissão da empresa detentora dos direitos da competição, além de ser acompanhada pelas rádios de Florianópolis como Guarujá e Jovem Pan News.

 

FICHA TÉCNICA

 

Avaí: Vladimir; Marcinho (Renato), Rafael Vaz, Raniele e Cortez; Bruno Silva, Sarará, Galdezani e Natanael; Pottker e Guerrero. Técnico: Eduardo Barroca.

 

Athletico-PR: Bento; Khellven, Pedro Henrique, Thiago Heleno e Abner; Erick, Fernandinho e Alex Santana; Vitinho, Canobbio e Vitor Roque. Técnico: Luiz Felipe Scolari.

 

Local: estádio da Ressacada, em Florianópolis (SC). Data: 11/09/22. Hora: 11h.

 

Arbitragem: Paulo Cezar Zanovelli da Silva (MG); auxiliado por Celso Luiz da Silva (MG) e Fernanda Gomes Antunes (FIFA/MG). O VAR será operado por Igor Julio Benevenuto de Oliveira (FIFA/VAR/MG)

 
Fonte: ND+
Anderle Telhas e Acessórios