Rui Car
19/09/2022 11h10

Avaí vence o Atlético-MG na estreia do técnico Lisca e se aproxima de deixar o Z4

Bissoli marca o seu 13º gol no Brasileirão e o Leão da Ilha consegue administrar o placar até o apito final

Assistência Familiar Alto Vale
Foto: Frederico Tadeu / Avaí

Foto: Frederico Tadeu / Avaí

Delta Ativa

Avaí venceu o Atlético-MG por 1 a 0 na tarde deste sábado (17), no estádio da Ressacada, em Florianópolis. Os mais de 10,8 mil torcedores que fizeram a festa nas arquibancadas assistiram o artilheiro Bissoli marcar o seu 13º gol nesta Série A.

 

O JOGO

 

O Leão da Ilha demorou um pouco para se encontrar em campo. Por outro lado, o Atlético foi quem iniciou levando perigo, especialmente investindo nas jogadas pelas laterais.

 

Enquanto isso, os jogadores do Avaí buscavam maneiras de evitar as subidas do Galo e se organizar para avançar no campo ofensivo.

 

A primeira finalização do gol foi do atacante Sasha que roubou a bola próximo da linha do meio e lançou para Keno, que avançou pela esquerda do ataque e obrigou o goleiro Gledson espalmar para escanteio.

 

Entre alguns passes errados dos dois lados, o primeiro tempo também se desenhava para um confronto de muitas faltas e o primeiro cartão amarelo saiu aos 11 minutos para o volante Bruno Silva por conta de um pisão no atacante Keno.

 

Três minutos depois, foi a vez de um jogador do Galo receber um amarelo. Pottker – que mostrava ser uma das válvulas de ataque do Leão – recebeu um carrinho do zagueiro Jemerson que foi advertido pelo árbitro.

 

O lance de maior perigo do primeiro tempo veio aos 41 minutos. Após cobrança de escanteio pelo lado esquerdo, Nacho aproveitou a sobra da defesa e bateu para o gol, mas o zagueiro Rafael Vaz tirou de cabeça na linha do gol.

 

Um minuto depois, o lateral Rubens foi quem recebeu o terceiro amarelo após cometer falta e ficar reclamando para o árbitro André de Freias.

 

Além disso, o atacante Pottker ainda teve uma boa oportunidade, após puxar o ataque pelo lado esquerdo, mas o chute saiu fraco e nas mãos do goleiro Everson.

 

Início de 2º tempo alucinante

 

Para o segundo tempo, o técnico Lisca não fez alterações. Assim como no início do jogo, os primeiros minutos ficaram marcados por muitas faltas e o lateral-esquerdo Bruno Cortes  – que foi um dos melhores jogadores do Avaí na primeira etapa – levou um amarelo, após pisão em Nacho.

 

Após um início sufocante do Atlétic0-MG, o Avaí conseguiu avançar para o ataque e também uma falta próxima da área pelo lado esquerdo. Após batida de Jean Pyerre, o árbitro foi rever o lance no VAR e marcou pênalti para o Leão da Ilha, após a bola bater no braço do zagueiro Nathan Silva.

 

O artilheiro Bissoli converteu e marcou o seu 13º gol nesta Série A.

 

Com o placar ao seu favor e com o apoio da torcida, o Avaí conseguiu criar mais uma boa chance aos 15 minutos. Na ocasião, Nissoli passou para Jean Pyerre que limpou para a perna esquerda, mas mandou a bola por cima do gol.

 

Três minutos depois, o Atlético-MG criou mais uma boa oportunidade na bola parada, mas Guga, ex-Avaí, bateu por cima da meta.

 

Na sequência, o Avaí teve nova oportunidade de amplicar o marcador. Porém, a cabeceada do volante Raniele parou nas mãos de Everson.

 

Pelo lado do Atlético, mas mudanças começaram a surtir efeito. Primeiro, o atacante Alan Kardec subiu para cabecear, mas mandou por cima do gol. Em seguida, Ademir, que também entrou após o gol do Leão da Ilha, arriscou de fora da área pelo lado esquerdo, mas a bola subiu muito.

 

Apesar das investidas, o Avaí conseguiu segurar a pressão ocasionada pelos visitantes. Porém, o próximo jogo não contará com o volante Raniele, que levou amarelo e está suspenso.

 

Com a vitoria, o Avaí chega aos 28 pontos, sendo a mesma pontuação do Coritiba, que é o primeiro fora da zona de rebaixamento. Porém, o Coxa ainda joga nesta rodada contra o Botafogo na noite deste sábado (17). O Galo segue com 40 pontos na 7ª colocação.

 

O Leão da Ilha enfrenta o São Paulo no próximo domingo (25), às 20h, no estádio do Morumbi, em São Paulo (SP). O Atlético recebe o Palmeiras na quarta-feira (28), às 21h45, no Mineirão, em Belo Horizonte (MG).

 

FICHA TÉCNICA:

 

Avaí: Glédson; Kevin, Bressan, Rafael Vaz e Cortez; Raniele (Jean Cleber), Bruno Silva (Pablo Dyego) e Jean Pyerre (Sarará); Natanael (Eduardo), William Pottker e Bissoli (Guerrero). Técnico: Lisca.

 

Atlético-MG: Everson; Guga (Mariano), Nathan Silva, Jemerson e Rubens; Allan, Jair (Calebe) e Nacho (Ademir); Vargas (Kardec), Keno e Sasha. Técnico: Cuca.

 

Gol: Bissoli (9/2T).

 

Cartões amarelo: Bruno Silva (11/1T) Raniele (32/2T) e Lisca (52/2T); Jemerson (14/1T), Rubens (42/1T), Nathan Silva (7/2T)

 

Abitragem: André de Freitas Castro (GO) foi o responsável por apitar a partida. Fabrício Vilarinho da Silva (FIFA-GO) e Leone Carvalho Rocha (GO) foram os auxiliares em campo. Wagner Reway (PB) ficou no comando do árbitro de vídeo.

 

Local: Estádio da Ressacada, Florianópolis (SC).

 

Data e horário: Sábado (17), às 16h30.

 

Fonte: Marcos Jordão / ND+
Anderle Telhas e Acessórios