Rui Car
27/04/2022 10h16 - Atualizado em 27/04/2022 10h17

Brusque vence o CSA em sua primeira partida no Augusto Bauer pela Série B 2022

Com resultado, Marreco ficou a 01 ponto do G4

Assistência Familiar Alto Vale
Foto: Lucas Gabriel Cardoso / Brusque FC

Foto: Lucas Gabriel Cardoso / Brusque FC

Delta Ativa

O Brusque venceu o CSA por 2 a 0 na noite desta terça-feira (26), no estádio Augusto Bauer, pela quarta rodada da Série B do Campeonato Brasileiro. Os gols saíram no segundo tempo, com Diego Jardel e Bruno Aguiar. Foi a primeira partida do quadricolor no Gigantinho nesta edição da Série B.

 

Com o resultado, o Brusque chega a 14 jogos de invencibilidade como mandante.

 

Começo lento

 

Quem começou com mais posse de bola e com maior controle do jogo foi o CSA. Nos primeiros 10 minutos, os visitantes faziam longas trocas de passe e rondavam a área com alguns cruzamentos. Também ganhavam a maioria das sobras e das disputas no meio-campo. Ruan Carneiro, contudo, não era muito exigido.

 

A partir de então, o Brusque começou a crescer na partida, tendo o domínio das ações. Fernandinho era um dos preferidos da torcida no primeiro tempo, pelas suas jogadas individuais pela ponta esquerda. Aos 23 minutos, chutou de fora da área, mas a bola passou por cima.

 

Gol anulado

 

O quadricolor chegou muito bem aos 29. Diego Jardel recebeu na direita, dentroda área, e fez o breque. Passou para Zé Mateus, que tentou o chute, mas acabou servindo Fernandinho, que fuzilou  para o gol já na pequena área. Contudo, havia impedimento na origem do lance, confirmado pelo VAR.

 

O CSA respondeu aos 32. Osvaldo partiu em contra-ataque e acionou Gabriel, que deixou Bruno Mezenga livre. Éverton Alemão chegou cortando de carrinho, mas era marcado impedimento. Aos 34, novo ataque quadricolor: Fernandinho serviu Alex Sandro, que arriscou de fora, mas a bola passou alta, à esquerda do goleiro Marcelo Carné.

 

Amarelo injusto

 

O volante Luiz Antônio e a torcida reclamaram, com razão, de um lance aos 39 minutos. Diego Jardel havia sofrido falta. Luiz Antônio foi levantar na área, mas Osvaldo, único homem da barreira, estava muito adiantado. A bola bateu no jogador do CSA e o árbitro Rafael Martins de Sá não ordenou a repetição da cobrança. O lance gerou contra-ataque, que teve que ser parado pelo próprio Luiz Antônio. Acabou punido com o cartão amarelo.

 

O CSA teve uma última boa chance do segundo tempo. Aos 44, Lourenço mandou uma bomba de longe e Ruan Carneiro teve que se esticar para desviar para escanteio.

 

Ruan Carneiro salva

 

Quando o relógio havia acabado de marcar o primeiro minuto do segundo tempo, Ruan Carneiro fez uma defesa fantástica. Gabriel partiu em contra-ataque, fez a tabela e cruzou no segundo poste. Osvaldo chegou com um petardo de primeira, e Ruan Carneiro defendeu em cima da linha. O VAR ainda conferiu se a bola havia entrado ou não.

 

O Brusque respondeu aos quatro minutos. Rodolfo Potiguar lançou Alex Sandro na área, com um passe alto. O camisa 9 acabou chutando fraco e Marcelo Carné segurou.

 

Bruscão abre o placar

 

Aos seis, o quadricolor conseguiu marcar. Diego Jardel recebeu próximo à área e arriscou o chute. A bola rasteira desviou em Lucão, matou Marcelo Carné e morreu no fundo do gol.

 

O CSA tentou o empate logo depois, aos oito.. Ernandes cruzou bem pela direita, mas Dalberto não chegou inteiro no cabeceio e a bola saiu torta, à esquerda de Ruan Carneiro.

 

Quadricolor mandando

 

A partida ficou bastante brigada, mas sem chances muito claras. O Brusque predominava, tentava alguns chutes de fora da área, mas errava cruzamentos. A defesa quadricolor esteve bem postada, assim como Ruan Carneiro, quando o CSA se aproximava do gol.

 

Aos 33, o Brusque construiu ótima jogada. Diego Jardel abriu com Alex Ruan, que cruzou. Fernandinho chegou finalizando no primeiro poste, mas a bola foi para fora. A torcida se agitou no Gigantinho.

 

Fatura liquidada

 

O quadricolor conseguiu garantir a vitória com um gol aos 38 minutos do segundo tempo. Alex Ruan fez ótima cobrança de escanteio e Bruno Aguiar subiu mais que todo mundo para cabecear para as redes. Festa absoluta no Augusto Bauer.

 

Próximo jogo

 

O Brusque enfrenta a Ponte Preta no estádio Moisés Lucarelli, pela quinta rodada. A partida está marcada às 20h30 deste sábado, 30.


Brusque 2×0 CSA

 

Campeonato Brasileiro – Série B
4ª rodada
Terça-feira, 26 de abril de 2022
Estádio Augusto Bauer

 

Brusque: Ruan Carneiro; Pará (Toty), Éverton Alemão, Bruno Aguiar, Airton (Alex Ruan); Zé Mateus (Júnior Todinho), Rodolfo Potiguar (Felipe Manoel), Luiz Antônio (Balotelli); Diego Jardel; Alex Sandro e Fernandinho.
Técnico: Waguinho Dias

 

CSA: Marcelo Carné; Cedric (Igor), Werley, Lucão, Ernandes (Felipe Augusto); Geovane, Lourenço (Yann Rolim), Gabriel, Osvaldo; Dalberto (Lucas Barcelos) e Bruno Mezenga (Sassá).
Técnico: Mozart

 

Trio de arbitragem (RJ): Rafael Martins de Sá, auxiliado por Michael Correia e Luiz Claudio Regazone.

 

Árbitro de vídeo: Rodrigo Carvalhaes de Miranda (RJ)

 

Gol: Diego Jardel e Bruno Aguiar

 

Cartões amarelos: Luiz Antônio, Pará, Bruno Aguiar e Rodolfo Potiguar; Geovane, Osvaldo e Gabriel.

 

Fonte: João Vítor Roberge / O Município
Anderle Telhas e Acessórios