Rui Car
19/09/2022 09h04

Com gol contra, JEC é derrotado pelo Carlos Renaux e perde a invencibilidade na Copa SC

Tricolor conheceu a derrota na tarde deste domingo (18), e vê o adversário encostar na tabela de classificação

Assistência Familiar Alto Vale
Foto: Thiago Borges / JEC

Foto: Thiago Borges / JEC

Delta Ativa

Acabou a invencibilidade do JEC na Copa Santa Catarina. Jogando em Brusque, o Tricolor perdeu por 1 a 0 para o Carlos Renaux na tarde deste domingo (18), com gol contra de Nelsinho, e agora divide a liderança com o próprio time do Vale do Itajaí, com vantagem apenas no saldo de gols.

 

Com os desfalques de Genilson e João Vitor, além das ausências já esperadas de Robinho e Lucas Góes, o técnico Jerson Testoni teve a baixa do volante Elionay às vésperas do confronto, após problema muscular na coxa. O comandante lançou Rodriguinho e Vinicius Balotelli no ataque, mas precisou lidar com a saída do camisa 17 ainda no primeiro tempo. Dúvida após contratura muscular na última rodada, o atacante até iniciou a partida, mas foi substituído ainda na primeira etapa.

 

Em um jogo truncado, com os donos da casa postados defensivamente com cinco jogadores na primeira linha, o JEC até tinha espaço para trabalhar a saída e chegar ao ataque, mas esbarrava em um Carlos Renaux que “povoava” o seu campo defensivo. Apesar disso, o Tricolor criou boas chances. Rodriguinho teve duas boas oportunidades de abrir o placar, mas não aproveitou.

 

A tática de dar espaço ao JEC e apostar no contra-ataque funcionou aos 36 minutos para o time de Brusque. Fio arrancou em velocidade e mesmo perseguido por três marcadores tricolores conseguiu chegar de frente com o goleiro André Luiz, que saiu bem e evitou o chute ao gol. No entanto, a bola bateu em Nelsinho, que vinha na “perseguição” a Fio e entrou, abrindo o placar para os donos da casa.

 

Depois de conseguir criar e ter volume ofensivo apesar do jogo truncado e picado por faltas, o Tricolor foi ao intervalo em desvantagem.

 

O Carlos Renaux voltou com a mesma organização defensiva, formando uma barreira para o ataque tricolor.

 

Sem conseguir chegar com efetividade ao ataque, o técnico Jerson Testoni mexeu na equipe com as entradas de Pedoca e Lailson no setor ofensivo, além da alteração forçada pela lesão de Hiago, promovendo assim a estreia de Gabriel Marques na zaga joinvilense.

 

Logo após as mudanças, o JEC chegou com perigo pelo lado esquerdo, mas a bola cruzada na área passou por todo mundo sem que alguém empurrasse para o gol de Douglas.

 

Com a vantagem no placar, o Carlos Renaux não teve pressa em reposições e atendimentos médicos e como consequência, o árbitro deu oito minutos de acréscimo. Após apontar o tempo, muita reclamação no banco do time da casa e sem hesitar, o árbitro expulsou o auxiliar. Após falta no ataque e confusão, Neguete e Gabriel Marques também foram expulsos.

 

Apesar dos acréscimos, o JEC não conseguiu balançar a rede e sofreu a primeira derrota na competição. As duas equipes voltam a se enfrentar no sábado (24), às 18h, na Arena Joinville.

 

Ficha técnica

 

Carlos Renaux

Douglas, Danilo (Uelber), Italo Melo (Cleiton), Neguete e Morassi (Italo); Luan Carlos, Milton, Diogo e Fio (Arouca); Jeremias (Reinaldo) e Alex Bruno

Técnico: Paulo Massaro

 

JEC

André Luiz, Gustavo Henrique (Pedoca), Hiago (Gabriel Marques), André Baumer e Jerffeson Recife (Lailson); Nelsinho, Lorran, Ronan e Mauri, Vinicius Balotelli (Bruno Rocha) e Rodriguinho

Técnico: Jerson Testoni

 

Gols: Nelsinho (contra)

Cartões amarelos: Douglas (CAR), Mauri (JEC), Milton (CAR)

Cartões vermelhos: Neguete (CAR), Gabriel Marques (JEC)

 
Fonte: Drika Evarini / ND+
Anderle Telhas e Acessórios