Rui Car
27/05/2022 10h57

Presidente do JEC quebra silêncio e se manifesta sobre o pedido de recuperação judicial

Charles Fischer gravou um vídeo que foi publicado nas redes sociais do clube na noite desta quinta-feira (26)

Assistência Familiar Alto Vale
Foto: Vitor Forcellini / JEC

Foto: Vitor Forcellini / JEC

Delta Ativa

Três dias após o pedido de recuperação judicial se tornar público e quase uma semana após a entrada do processo na Justiça, o presidente do JEC, Charles Fischer, quebrou o silêncio e gravou um vídeo, que foi publicado nas redes sociais do clube. O próprio JEC só se manifestou mais de 24 horas após a exposição do pedido, que caiu como uma bomba entre a comunidade tricolor.

 

O presidente ressaltou que a “medida foi necessária devido à grande crise financeira que o clube enfrenta há anos e é a melhor e mais responsável maneira de estancar as dívidas para reestruturar a instituição Joinville Esporte Clube”.

 

A decisão foi tomada apenas pela diretoria executiva sem que os Conselhos Deliberativo e Fiscal fossem consultados ou sequer informados antes que a notícia viesse a público.

 

Charles afirmou que o clube sofre, atualmente, com uma média de 16 bloqueios de conta por mês. Um deles, inclusive, aconteceu após a venda do atacante Chrystian que, segundo ação movida por representantes de credores do clube, não foi transparente. O mandatário disse, ainda, que recentemente além dos bloqueios bancários do clube, os patrocinadores passaram a ser alvo de intimações judiciais, “sendo impedidos de repassar os valores acordados ao clube”.

 

O presidente alegou que o “silêncio” do clube foi em respeito às orientações jurídicas e afirmou, ainda, que o plano é uma “ampla explicação” à comunidade tricolor.

 

Para o mandatário tricolor, a quem o clube deve cerca de R$ 13 mil segundo a lista de credores que veio à tona com a quebra de sigilo do pedido de recuperação judicial, era “necessário tomar medidas drásticas”.

 

Ele citou ainda clubes como Chapecoense e Coritiba, que seguiram o mesmo caminho. “É uma maneira de repavimentar o caminho do JEC e um passo importante para a estruturação da SAF. Com transparência nas contas, fluxo de caixa controlado e governança, o clube passa a ser mais atrativo para investidores”, diz. “É uma forma de reorganizar as contas para adequá-las ao caixa do clube”, complementa.

 

Ainda de acordo com Charles, na reunião aberta convocada pelo Conselho Deliberativo para a próxima quinta-feira (02), às 19h, a diretoria executiva apresentará “o cenário atual e real do JEC”.

 

 

Reunião com Conselhos não aconteceu

 

Após a grande repercussão do pedido de recuperação judicial, a diretoria executiva do JEC solicitou uma reunião ao Conselho Deliberativo e Conselho Fiscal para discutir a decisão tomada. No entanto, a reunião, que deveria acontecer na quarta-feira (25), não aconteceu.

 

O presidente do Conselho Deliberativo, Darthanhan Oliveira, ressaltou que o momento de se discutir “passou”. “Não faz sentido participar de uma reunião sobre uma decisão que já está em juízo, não há o que decidir, o tempo de se reunir em estudos era antes. Por isso, convoquei a reunião aberta porque entendo que esse assunto tem que ser aberto, a justificativa tem que ser ao Conselho, aos sócios, à torcida, à comunidade”, diz.

 

Em justificativa enviada à diretoria executiva, Darthanhan ressaltou que “o ambiente de reuniões abertas servirá para que possa se externar à comunidade jequeana, ainda que de forma anacrônica, o processo, as razões, o custo dos serviços jurídicos, a estratégia por trás do pedido, o planejamento futuro para o clube com a aventada RJ, o motivo da não consulta aos sócios, dentre outras explicações que não foram feitas de modo transparente até o momento”.

 

O presidente do Conselho Fiscal, Alexandre Poleza, também enviou justificativa e não compareceu à reunião alegando que “não há razão nesse momento de participação em reuniões privadas com a Diretoria Executiva”, recomendando, ainda, a assembleia para que todos pudessem debater o assunto.

 

Fonte: Drika Evarini / ND+
Anderle Telhas e Acessórios