Rui Car
23/11/2022 08h57

Autores de furto à residência são detidos em Laurentino

Ambos foram levados até a delegacia

Assistência Familiar Alto Vale
Imagem ilustrativa (Foto: Divulgação)

Imagem ilustrativa (Foto: Divulgação)

Delta Ativa

A Polícia Civil de Laurentino conseguiu recuperar na manhã desta terça-feira (22) produtos de furtos, que estavam escondidos dentro de uma residência no Bairro Caçador. Entre os objetos estavam várias correntes, pulseiras, pares de brincos, peças de decorações em bronze, utensílios domésticos e um botijão de gás.

 

Segundo divulgado pela corporação, a Polícia Civil foi acionada por volta das 06h25 da manhã do mesmo dia por um morador que relatou aos policiais que ao tentar esquentar a água para o café no fogão a gás, olhou pela janela e teve a ingrata visão do sumiço de seu botijão de 13kg. Graças ao povo honesto e trabalhador (que contribue para a solução dos casos nesta cidade) logo vieram as primeiras informações e foi questão de horas para identificar os autores e recuperar o montante furtado.

 

A entrada da Polícia Civil naquele recinto foi autorizada pelo proprietário. Os autores do furto foram identificados, porém os mesmo não estavam no local naquele momento. Segundo informações, os meliantes trouxeram todo o produto durante a madrugada até o local.

 

O Delegado de Polícia da Comarca de Rio do Oeste determinou imediata instauração de Inquérito Policial, para a completa elucidação do fato. Ainda durante a tarde foram devolvidos os itens apreendidos à vítima (para que o mesmo pudesse fazer o café de todo o dia), sendo também localizados os suspeitos e convidados a irem até a Delegacia de Polícia para depor.

 

Após técnicas de interrogatório científicas, um dos conduzidos, um rapaz de 21 anos assumiu o crime na companhia de outro comparsa.

 

Ambos vão responder por infração ao Artigo 155 do Código Penal:

 

Furto qualificado Art. 155 – Subtrair, para si ou para outrem, coisa alheia móvel:

 

§ 4º – A pena é de reclusão de dois a oito anos, e multa, se o crime é cometido:

 

IV – mediante concurso de duas ou mais pessoas.

 

Fonte: Polícia Civil do Alto Vale / Rádio Educadora 90,3 FM
Anderle Telhas e Acessórios