Rui Car
03/11/2022 15h01 - Atualizado em 03/11/2022 16h05

BR-470 é desbloqueada em Rio do Sul; manifestações continuam

Equipe deve atuar nos bloqueios da região

Assistência Familiar Alto Vale
Foto: Divulgação / PRF

Foto: Divulgação / PRF

Delta Ativa

Uma força tarefa entre Polícia Rodoviária Federal (PRF), Polícia Militar (PMSC) e Corpo de Bombeiros Militar (CBMSC) esteve negociando com centenas de manifestantes em Rio do Sul por volta das 15 horas desta quinta-feira (03).

 

 

Ficou decidido que o bloqueio do trânsito do local seria desfeito, sob efeito de multa em caso de descumprimento da ordem judicial. Segundo a PRF, em momento algum foi necessário uso de força junto aos manifestantes, que seguem protestando às margens da rodovia. Os órgão de segurança agora seguem para Trombudo Central e Pouso Redondo. 

 

 

 

 

 

PRF dá estimativa de liberação total das rodovias em SC após ação contra bloqueios

 

Os bloqueios diminuíram em Santa Catarina desde o pronunciamento do presidente Jair Bolsonaro (PL), nesta quarta-feira (2), pedindo a liberação das vias. Segundo a PRF, no início da tarde desta quinta (3), havia 14 pontos ainda bloqueados por manifestantes.

 

Mais de 60 pontos foram desobstruídos desde segunda-feira (31), alguns apenas com negociação e outros com o uso da força de choque, seja de forma isolada ou com o apoio da Polícia Militar.

 

O chefe de comunicação da PRF, Adriano Fiamoncini, afirmou que a expectativa é que todos os pontos sejam liberados até esta sexta-feira (4).

 

Felizmente, desde ontem os pontos de bloqueio estão diminuindo de forma mais acelerada, graças ao trabalho forte da tropa de choque da PRF, com apoio da PM, e graças também ao vídeo divulgado pelo presidente da República”, diz.

 

Além disso, Fiamoncini afirma que o número de bloqueios varia constantemente e pode diminuir a qualquer momento. Ele também destacou o apoio da Polícia Militar para garantir a liberação das rodovias.

 

Foi muito comum durante esses dias os manifestantes voltarem a ocupar um ponto já liderado pela PRF. Às vezes a PRF voltava ao local para liberar novamente. E às vezes a Polícia militar nos dava um apoio importantíssimo de ficar no local e garantir que os manifestantes não voltassem para rodovia”.

 

Fonte: ND+ / Rádio Educadora 90,3 FM
Anderle Telhas e Acessórios