Rui Car
21/09/2022 11h32

Moisés e Jorginho aparecem empatados na Pesquisa Ipec para governo de SC

Pesquisa foi contratada pela NSC Comunicação e divulgada nesta terça-feira (20)

Assistência Familiar Alto Vale
Foto: Arquivo / Tiago Ghizoni

Foto: Arquivo / Tiago Ghizoni

Delta Ativa

A segunda pesquisa eleitoral feita pelo instituto Ipec em Santa Catarina, contratada pela NSC Comunicação e divulgada nesta terça-feira (20), mostra empate entre os candidatos Moisés (Republicanos) e Jorginho Mello (PL), ambos com 20% das intenções de voto.

 

Em relação à primeira pesquisa, divulgada em 23 de agosto, o atual governador Moisés caiu três pontos percentuais, de 23% para 20% – a variação está dentro da margem de erro, de três pontos percentuais para mais ou para menos. Já Jorginho subiu de 16% para 20%.

 

Em terceiro lugar, atrás de Moisés e Jorginho, aparece Esperidião Amin, que se manteve com 15% das intenções de voto no novo levantamento. Ele é seguido por Gean Loureiro (União Brasil), que continuou na quarta colocação, a mesma da primeira pesquisa, mas cresceu nas intenções de voto, passando de 8% para 14%. Apesar de Moisés e Jorginho estarem numericamente à frente, considerando a margem de erro da pesquisa, de três pontos percentuais para mais ou para menos, Amin e Gean também estão tecnicamente empatados com Moisés e Jorginho.

 

O quinto colocado na pesquisa é Décio Lima (PT), que também cresceu em relação ao primeiro levantamento. As intenções de voto do candidato petista passaram de 6% para 10%. Pela margem de erro, Amin, Gean e Décio também estão tecnicamente empatados.

 

Os demais candidatos tiveram o mesmo percentual de intenções da primeira pesquisa. Odair Tramontin (Novo) manteve os 2%. Leandro Borges (PCO), Professor Alex Alano (PSTU), Jorge Boeira (PDT) e Ralf Zimmer (PROS) registraram 1% cada. O número de brancos e nulos caiu de 10% para 6%. Já a quantidade de indecisos, que era de 17% no primeiro levantamento, agora é de 10%.

 

Os resultados são referentes à pesquisa estimulada, quando os entrevistados respondem em quem votariam a partir da lista de candidatos confirmados para as eleições.

 

A pesquisa foi feita entre os dias 17 e 19 de setembro e entrevistou 800 pessoas. A margem de erro é de três pontos para mais ou para menos, e o índice de confiança da pesquisa é de 95%.

 

Rejeição

 

Outro dado apurado pela pesquisa Ipec/NSC foi a rejeição. A pesquisa perguntou aos entrevistados em qual candidato ao governo de SC ele não votaria de jeito nenhum. Moisés novamente teve a maior rejeição, mas manteve o patamar da primeira pesquisa, com 27%. Em seguida, aparece Décio Lima, que viu sua rejeição aumentar de 15% para 20%. Na sequência da lista de rejeição aparecem Amin (17%), Jorginho (11%) e Gean (7%) e Ralf (7%). Outros 10% dos entrevistados disseram que poderiam votar em qualquer candidato. Os que não sabem ou não responderam a pergunta somaram 23%.

 

Chance de vitória

 

Os entrevistados também responderam na pesquisa quem eles acreditam que vai vencer a eleição, independentemente da sua intenção de voto. Moisés foi o mais citado neste item do levantamento, mas teve redução no total de eleitores que dizem acreditar que ele vencerá a disputa. O número passou de 26% para 22%. Jorginho, que aparece em segundo nesta pergunta, é citado como favorito por 18% — na pesquisa anterior, era 14%. Fecham a lista dos cinco primeiros nas chances de vitória segundo os entrevistados Gean (13%), Amin (11%) e Décio (5%).

 

O Ipec foi criado por ex-executivos do Ibope Inteligência após o seu encerramento. O novo instituto de pesquisa atua na área de consultoria e inteligência em pesquisas de mercado, opinião pública e política.

 

FICHA TÉCNICA

 

Pesquisa Ipec — Inteligência em Pesquisa e Consultoria

Período avaliado: entre 17 e 19 de setembro de 2022

Amostra: 800 eleitores

Margem de erro: a máxima estimada é de 3 (três) pontos percentuais para mais ou para menos

Nível de confiança: 95%. Isso quer dizer que há uma probabilidade de 95% de os resultados retratarem o atual momento eleitoral.

Solicitante: pesquisa contratada por NSC Comunicação

Registro no TRE: sob o número SC-07903/2022

Registro no TSE: sob o número BR-07730/2022

 

Fonte: Jean Laurindo / Diário Catarinense / NSC Total
Anderle Telhas e Acessórios