Rui Car
08/01/2023 11h29 - Atualizado em 09/01/2023 13h55

Município de Taió registra baixo crescimento populacional nos últimos anos

Presidente Getúlio registrou o maior crescimento populacional na região

Assistência Familiar Alto Vale
Foto: Divulgação

Foto: Divulgação

Delta Ativa

Na última quarta-feira (28), o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) divulgou uma prévia da população dos municípios do Brasil com base em todos os dados coletados pelo Censo Demográfico 2022 até o dia 25 de dezembro do mesmo ano.

 

Se tratando de Alto Vale do Itajaí, os números mostram que o município de Presidente Getúlio registrou o maior crescimento populacional, 42,6%. E o município com pior índice foi Santa Terezinha, com -8%.

 

Com 70.952 habitantes,  Rio do Sul continua sendo a cidade mais populosa do Alto Vale.

 

O que também chamou atenção no levantamento foram os números de Taió,  que mostrou um aumento insignificante na população do município. Segundo a prévia apresentada pelo IBGE, em 2022, o censo realizado mostra que a população do município cresceu apenas 5,9%.

 

O município de Taió tinha em 2010, 17.260 habitantes, uma variação de 6,20% em relação ao ano 2000 quando a população era de 16.257. Em 2022, a população estimada pelo IBGE é de 18.282, aumento de 1.022 pessoas. Segundo o IBGE, o balanço completo deve ser obtido somente em março.

 

Veja o número de habitantes das cidades do Alto Vale do Itajaí, de acordo com o levantamento prévio do IBGE:

 

CIDADE

2022

2010

%

Agrolândia 11.010 9.323 18,1
Agronômica 6.055 4.904 23,5
Atalanta 3.218 3.300 -2,5
Aurora 6.810 5.549 22,7
Braço do Trombudo 3.954 3.457 14,3
Chapadão do Lageado 2.949 2.762 6,7
Dona Emma 4.006 3.721 7,6
Ibirama 21.425 17.330 23,6
Imbuia 5.988 5.707 4,9
Ituporanga 26.694 22.250 20
José Boiteux 5.991 4.721 26,9
Laurentino 7.524 6.004 25,3
Lontras 12.913 10.244 26
Mirim Doce 2.502 2.513 -0,4
Petrolândia 6.718 6.131 9,6
Pouso Redondo 17.143 14.810 15,7
Presidente Getúlio 21.231 14.887 42,6
Presidente Nereu 2.300 2.284 0,7
Rio do Campo 6.447 6.192 4,1
Rio do Oeste 7.623 7.090 7,5
Rio do Sul 70.952 61.198 15,9
Salete 7.502 7.370 1,8
Santa Terezinha 8.061 8.767 -8
Taió 18.282 17.260 5,9
Trombudo Central 7.074 6.553 7,9
Vidal Ramos 6.160 6.290 -2
Vitor Meireles 5.362 5.207 3
Witmarsum 4.314 3.600 19,8

 

*Fonte: IBGE

 

O que é crescimento populacional?

 

Crescimento populacional é um conceito demográfico que designa o aumento do número total de indivíduos de uma população que vive em um determinado lugar, abrangendo várias escalas geográficas. Assim, podemos nos referir ao crescimento populacional de um bairro, uma cidade, um estado, um país e também mundial.

 

O crescimento é calculado com base em outros indicadores demográficos que demonstram transformações importantes em um conjunto populacional. São eles a taxa de mortalidade, taxa de natalidade e o saldo migratório.

 

Fatores que influenciam o crescimento populacional

 

Uma grande diversidade de fatores inerentes a uma população ou à conjuntura econômica, política e social de um território interfere direta ou indiretamente no comportamento de uma população, podendo levar ao seu crescimento ou diminuição. Entre aqueles que condicionam o crescimento demográfico, podemos citar:

 

Avanços na área saúde com ampliação do acesso da população a serviços desse setor, o que pode garantir a queda dos índices de mortalidade infantil, melhor qualidade de vida à população local e aumento da expectativa de vida, com queda da taxa de mortalidade geral da população;

 

Aumento das taxas de natalidade, isto é, do número de nascimentos em um local, se comparado à taxa de mortalidade;

 

Desenvolvimento econômico e melhorias infraestruturais urbanas que podem suscitar tanto o crescimento vegetativo quanto absoluto, atraindo maior número de migrantes e motivando a menor saída de pessoas;

 

Oferta de serviços e infraestrutura que, de modo geral, contribuam para uma melhor qualidade de vida em uma determinada localidade.

 

Fonte: Rádio Demais FM
Anuncie Aqui