Rui Car
12/01/2023 15h21

Pouso Redondo e Salete estão em estado de atenção para seca

Ao todo, Santa Catarina se encontra em estado de atenção em 5% dos municípios analisados

Assistência Familiar Alto Vale
Foto: Arquivo / Comitê de Bacia Hidrográfica de Chapecó

Foto: Arquivo / Comitê de Bacia Hidrográfica de Chapecó

Delta Ativa

Apesar do dezembro chuvoso no Litoral, o abastecimento público em Santa Catarina se encontra em estado de atenção em 5% dos municípios analisados. É isso que indica a edição n°46 do Boletim Hidrometeorológico que apresenta uma análise integrada das condições meteorológicas. 

 

Dentre os 295 municípios, 246 estão em normalidade e 13 atenção frente à estiagem e 36 não encaminharam informações de atualização da sua situação. As cidades com abastecimento público em atenção são: Anchieta, Bandeirante, Concórdia, Coronel Martins, Correia Pinto, Guaraciaba, Itapiranga, Pouso Redondo, Romelândia, Salete, Santa Helena, São Cristóvão do Sul e São Joaquim.

 

A previsão para o trimestre entre dezembro de 2022 e fevereiro de 2023, que compreende o início e toda estação do verão no Hemisfério Sul, indica que o volume de chuva previsto deve ficar próximo à média climatológica no Grande Oeste, Planaltos e acima da média nas áreas litorâneas, Vale do Itajaí.

 

Dezembro marcado por diferenças de precipitação entre regiões

 

A chuva em dezembro continua apresentando características distintas entre o Oeste e o Litoral catarinense. O número de dias sem chuva variou entre 21 e 27 dias dos Planaltos ao Extremo Oeste. Já no Litoral, choveu entre 13 e 17 dias em média.

 

Com o aumento no volume de chuvas nos últimos meses, as previsões estendidas mostram que a estiagem hidrológica tende a uma melhora a curto prazo. Mesmo com a estabilidade na maior parte das regiões, é fundamental que o Estado siga o monitoramento constante das condições hidrológicas.

 

CONFIRA O BOLETIM NA ÍNTEGRA AQUI

 

Sobre o Boletim Hidrometeorológico

 

O Boletim Hidrometeorológico é uma publicação da Secretaria de Estado do Desenvolvimento Econômico Sustentável (SDE), por meio da Secretaria Executiva do Meio Ambiente (Sema), e da Defesa Civil de Santa Catarina, com a parceria da Agência de Regulação de Serviços Públicos de Santa Catarina (Aresc) e outras agências reguladoras.

 

Fonte: Governo do Estado de Santa Catarina
Anuncie Aqui